Apresentação

Motor Ingenium de 300 cavalos chega a mais modelos da Jaguar

O motor Ingenium a gasolina de 2.0 litros, quatro cilindros e 300 cavalos estreado no F-TYPE passa a equipar mais modelos da Jaguar.

O Jaguar F-TYPE, o desportivo da marca britânica, foi o primeiro a receber o novo motor Ingenium de quatro cilindros, 2.0 litros, turbo e 300 cavalos de potência e 400 Nm de binário. Mas seria um desperdício limitar esta motorização, com números deste calibre, apenas a um modelo só.

Como tal, a «marca do felino» decidiu equipar o F-PACE, XE e XF com o novo propulsor.

Jaguar Ingenium P300

Com este novo motor, o F-PACE, recentemente galardoado com o título de “World Car of the Year”, consegue acelerar dos 0-100 km/h em 6.0 segundos, apresentando um consumo médio de 7.7 l/100 km.

O XF, opcionalmente equipado com tração às quatro rodas, consegue reduzir para 5.8 segundos a aceleração dos 0-100 km/h, e também tem consumos mais reduzidos. São 7.2 l/100 km e emissões de 163 g CO2/km.

Naturalmente, o mais pequeno e leve XE consegue as melhores performances e os melhores consumos. Apenas 5.5 segundos dos 0-100 km/h (versão com tração às quatro), 6.9 l/100 km e 157 g CO2/km (153 g para a versão de tração traseira).

Em todos os modelos, o motor está acoplado a uma caixa de velocidades automática de oito velocidades, de origem ZF.

A introdução do P300, o código que identifica este motor, é o culminar das atualizações efetuadas nas diferentes gamas no início deste ano. Assistimos à introdução dos motores Ingenium a gasolina com 200 cavalos para o XE e o XF, e de uma versão com 250 cv que inclui também o F-Pace.

Mais equipamento

Além do motor, o Jaguar XE e XF recebem novos equipamentos como o Gesture Boot Lid (abertura da bagageira passando o pé por baixo do para-choques), assim como o Configurable Dynamics, que permite ao condutor configurar a caixa de velocidades automática, o acelerador e a direção.

Os três modelos recebem também novos equipamentos de segurança – Forward Vehicle Guidance e Forward Traffic Detection – que trabalham em conjunto com a câmara instalada na frente do veículo e sensores de estacionamento para ajudar a direcionar o veículo nas manobras a baixa velocidade e detetar objetos que se atravessem à frente do veículo quando a visibilidade é reduzida.

Sabes responder a esta?
O Jaguar mais potente de sempre tem 600 cavalos de potência. Como se chama?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

O Jaguar mais potente de sempre chama-se Jaguar XE SV Project 8

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos