Apresentação

O novo BMW X3 em seis pontos

O BMW X3 entra na sua terceira geração e, sem perder tempo, já ficámos a conhecer o X3 M40i, a primeira versão M-Performance.

O BMW X3 tem sido uma história de sucesso. Lançado em 2003, o SUV médio da marca – ou SAV (Sports Activity Vehicle) como a BMW prefere chamar-lhe – já vendeu mais de 1.5 milhões de unidades ao longo de duas gerações.

Uma história de sucesso que é para continuar? Depende desta nova terceira geração. Apresentada em Spartanburg, nos EUA, local onde este modelo é fabricado.

CLAR chega ao X3

À semelhança do Série 5 e do Série 7, o BMW X3 também passa a usufruir da plataforma CLAR. Relativamente ao antecessor, o novo BMW X3 cresce em todas as direções. É 5,1 cm mais comprido (4,71 m), 1,5 cm mais largo (1,89 m) e 1,0 cm mais alto (1,68 m) que o antecessor. Também a distância entre eixos cresce cerca de 5,4 cm, atingindo 2,86 m.

Apesar do incremento de dimensões, as cotas internas parecem não ter evoluído no mesmo sentido. Como exemplo, a capacidade da bagageira mantém-se nos 550 litros, coincidindo também com a capacidade dos seus principais rivais: Mercedes-Benz GLC e Audi Q5.

O maior recurso ao alumínio em componentes no motor e suspensão permitiram ao novo BMW X3 «emagrecer», apesar do aumento das suas dimensões. Segundo a marca alemã, o novo X3 é até 55 kg mais leve que o antecessor nas versões equivalentes.

0.29

Observando o novo X3, nunca diríamos tratar-se de um modelo totalmente novo, já que não parece mais que um restyling do antecessor.

Pode ser bastante parecido com o anterior, mas não podemos apontar o dedo à eficácia do seu design exterior. O número apresentado, 0.29, é o coeficiente aerodinâmico do X3 o que não deixa de ser impressionante para um veículo destas dimensões.

BMW X3 M40i

Não nos esqueçamos de que se trata de um SUV, mesmo sendo de tamanho médio, pelo que o valor alcançado não difere do que podemos encontrar em automóveis mais baixos e esguios.

Motores: “velhos” conhecidos

Inicialmente o BMW X3 estará disponível com duas motorizações a gasóleo e uma a gasolina. A versão a gasolina refere-se ao X3 M40i, que já nos debruçaremos em mais pormenor. Nos Diesel, temos então:

  • xDrive 20d – 2.0 litros – quatro cilindros em linha – 190 cv às 4000 rpm e 400 Nm entre as 1750–2500 rpm – 5.4–5.0 l/100 e 142–132 g CO2/km
  • xDrive 30d – 3.0 litros – seis cilindros em linha – 265 cv às 4000 rpm e 620 Nm entre as 2000–2500 rpm – 6.6–6.3 l/100 e 158–149 g CO2/km

Mais tarde, serão adicionadas as versões a gasolina, xDrive 30i e xDrive 20i, que recorrem a um quatro cilindros 2.0 litros turbo com 252 cavalos (7,4 l/100 km e 168 g CO2/km) e 184 cavalos (7.4–7.2 l/100 km e 169–165 g CO2/km). Independentemente da motorização, todas elas virão com uma transmissão de oito velocidades automática.

Ainda mais dinâmico

Como seria de esperar, o novo BMW X3 tem uma distribuição de pesos 50:50, criando as fundações ideais para o capítulo da dinâmica. A suspensão é independente nos dois eixos, com o trabalho desta a ser beneficiado da redução de peso das massas não suspensas.

Todas as versões (para já) vêm com tração às quatro rodas, com o sistema xDrive a estar interligado com com o DSC (Dynamic Stability Control), que faz a gestão optimizada da divisão da potência pelas quatro rodas. Estarão disponíveis diversos modos de condução – ECO PRO, COMFORT, SPORT e SPORT+ (disponível apenas nas versões 30i, 30d e M40i).

A medida das jantes também cresceu, com o tamanho mínimo disponível a ser agora de 18 polegadas, estando disponíveis jantes até 21 polegadas.

No que toca a equipamentos de segurança ativa, além do controlo de estabilidade já mencionado (DSC) , tem controlo de tração (DTC), controlo de travagem em curva (CBC) e dinâmico (DBC), entre outros. Para uma experiência de condução mais focada, em opção podemos ter suspensão e travões M Sport, amortecedores de amortecimento variável e direção desportiva de assistência variável.

Segundo a BMW, o X3 também está pronto para aventuras fora de estrada, apesar de maior parte deles nunca saírem do asfalto. Distância ao solo de 20,4 cm, com ângulos de 25.7º, 22.6º e 19.4º, respetivamente, ataque, saída e ventral. A capacidade de vau é de 50 centímetros.

RELACIONADO BMW X7 vai ser revelado no Salão de Frankfurt

Variantes x 3

O SUV alemão estará disponível em três versões distintas: xLine, Luxury Line e M-Sport. Cada uma das versões terá aparência específica, tanto no exterior como no interior. Todas elas podem ser equipadas com ar condicionado automático com três zonas, pacote Air Ambient, assentos com ventilação e rebatimento do banco traseiro em três partes (40:20:40).

BMW X3 - Variantes

No novo interior encontramos em destaque um novo sistema de infoentrenimento, composto por um ecrã tátil de 10.2 polegadas com a possibilidade de controlo por gestos. Em opção, também o painel de instrumentos pode ser totalmente digital e marca presença, opcionalmente, um Head-Up Display a cores com projeção no para-brisas (que passa a ser em vidro acústico).

Em destaque, as tecnologias que permitem condução semi-autónoma – BMW ConnectedDrive -, como o cruise control ativo, com tecnologias integradas de assistência à direção que permitem manter-nos na faixa de rodagem, ou (disponível em fase posterior), alterar de uma faixa de rodagem para outra. BMW ConnectedDrive Services é sinónimo de aplicações para telemóveis e relógios inteligentes, que deverão permitir uma integração harmoniosa com a “vida digital” do proprietário.

BMW X3 interior

X3 M40i, a M Performance esteve aqui

A BMW não perdeu tempo em revelar a versão M-Performance – a primeira, segundo eles -, do X3. É o único X3 com uma motorização de seis cilindros em linha a gasolina. O motor, sobrealimentado, debita 360 cavalos entre as 5500 e as 6500 rpm e 500 Nm entre as 1520 e as 4800 rpm. Os consumos médios são de 8.4–8.2 l/100 km e as emissões de 193-188 g CO2/km.

Este motor permite lançar os quase 1900 kg do X3 M40i até aos 100 km/h em apenas 4.8 segundos. Infelizmente, o limitador não o deixará passar dos 250 km/h. Para ter tudo sobre controlo, como seria de esperar, o M40i vem com suspensão M Sport – amortecedores e molas mais rijos, assim como barras estabilizadoras mais espessas. Para parar tão bem como acelera, o M40i recebe também os travões M Sport, que inclui pinças de quatro pistões nos discos dianteiros e dois nos traseiros.

Rumores cada vez mais fortes apontam para um X3M no futuro, o que seria uma estreia absoluta neste modelo. No campo oposto, também chegarão versões híbridas – i performance -, assim como é cada vez mais certa a chegada de um X3 100% elétrico.

O novo BMW X3 deverá chegar a Portugal durante o mês de novembro, com apresentação pública em setembro durante o Salão de Frankfurt.

Sabes responder a esta?
O futuro BMW M8 partilhará motor com que outro BMW?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

BMW Concept Série 8: agora é oficial
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

BMW Concept Série 8: agora é oficial

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos