Estes são os automóveis usados que dão menos problemas, segundo a DEKRA

A DEKRA divulgou o seu relatório de automóveis usados para 2017, que regista as falhas mais comuns encontradas nas inspeções.

O relatório da DEKRA é o resultado de dois anos de testes a 15 milhões de veículos na Alemanha, distribuídos por nove classes e três intervalos de quilometragem. Para integrar este relatório, e de modo a garantir a fiabilidade dos resultados apresentados, uma amostra de pelo menos 1000 unidades de determinado modelo tiveram de ser inspecionadas.

A DEKRA, uma entidade de referência na análise ao setor automóvel, afirma que a condição técnica do veículo é mais influenciada pelo número de quilómetros do que pela idade. Razão pela qual integrou as falhas detetadas em três intervalos de quilometragem:

  • 0 a 50 000 km
  • 50 000 a 100 000 km
  • 100 000 a 150 000 km

AUTOPÉDIA: Afinal de contas, quem é que usa os motores de quem?

O número de falhas detetadas têm apenas em consideração as falhas do veículo e não as que podem ser atribuídas ao dono do veículo, como alterações efetuadas ao carro ou o estado dos pneus. As falhas foram agrupadas nos seguintes grupos:

  • chassis/direção
  • motor/ambiente
  • carroçaria/estrutura/interior
  • sistema de travagem
  • sistema elétrico/eletrónico/iluminação

Para determinar o vencedor de cada classe, este teve de ser testado em pelo menos 1000 unidades por cada um dos três intervalos de quilometragem. Segue-se a lista dos veículos usados, por classe, com menos falhas detetadas:

Citadinos e Utilitários

Honda Jazz – 2ª geração (2008 – 2015)

2008 Honda Jazz

Valorizado pelo seu espaço e versatilidade, o Honda Jazz apenas merece reparo pelos travões traseiros. Estes podem apresentar sinais de corrosão e gasto prematuro ou desigual.

Familiares compactos

BMW Série 1 – 2ª geração (2011 – )

2011 BMW Série 1 (F20)

O único representante da classe com tração traseira é também o que apresenta menos problemas nas inspeções. Sem nenhum problema relevante, destaca-se o elevado número de faróis de nevoeiro danificados.

Familiares médios

Volvo S60 / V60 ( 2010 – )

2011 Volvo V60 automóveis usados

Repetindo a vitória na classe pelo terceiro ano consecutivo, o Volvo S60/V60 parece melhorar com o adicionar de quilómetros. Não existe nada de relevante a reportar.

Familiares grandes e automóveis de luxo

Audi A6 – 4ª geração (2011- )

2011 Audi A6

O Audi A6 é o carro que menos falhas apresenta no relatório da DEKRA, não só na sua classe, como em termos absolutos, proeza já conseguida o ano passado. No entanto, foram detetados um número invulgar de para-brisas com danos ou com defeito.

Automóveis desportivos

Audi TT – 2ª geração (2006-2014)

2009 Audi TTS

Destaca-se pelos excelentes resultados nas quilometragens mais elevadas, contrastando com os restantes membros da classe. O número de escapes danificados verificados durante as inspeções, no entanto, superiorizam-se à média. Também é comum encontrar um desgaste excessivo nas pastilhas e discos de travão, assim como fissuras e rachas no para-brisas.

SUV

Audi Q5 – 1ª geração (2008-2016)

2009 Audi Q5

Hat-trick para a Audi, com o Q5 a liderar a classe dos SUV. Tal como no A6 e no TT, foi apenas reportado um elevado número de fissuras e rachas nos para-brisas.

Monovolumes (MPV)

Ford C-Max – 2ª geração (2010 – )

2015 Ford C-Max

Apesar de ter saído vencedor entre os MPV, convém verificar o estado dos discos e das pastilhas de travão do C-Max. Assim como os casquilhos nos braços da suspensão.

Furgões

Mercedes-Benz Vito/Viano – 2ª geração (2003-2014)

2011 Mercedes-Benz Vito

Além da Vito, a Mercedes-Benz Viano também foi considerada. Foram detetadas fugas de óleo do diferencial em unidades com poucos quilómetros. Também se verificou a existência de molas partidas e sistemas de escape soltos.

Furgões grandes

Renault Master – 3ª geração (2010 – )

2011 Renault Master
O furgão de grandes dimensões francês repete este ano o resultado do ano passado. Convém verificar a cobertura/proteção do eixo de transmissão que pode quebrada-se, pinças de travão que podem apresentar fugas e verificar o sistema de iluminação, que costuma apresentar defeitos.

MERCADO: E os modelos usados mais procurados em 2016 foram…

O relatório da DEKRA inclui fichas detalhadas sobre centenas de modelos, pelo que consultar o site da DEKRA pode ser um elemento valioso na pesquisa por automóveis usados. Além dos modelos em comercialização, podes também encontrar informação sobre alguns clássicos. O site permite inclusivamente efetuar comparativos, caso estejas indeciso entre vários modelos.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos