Elétricos

Ferrari, Porsche e McLaren: nenhum deles acompanha o Tesla Model S P100D

O Tesla Model S P100D foi testado recentemente pela Motor Trend, e o resultado foi mais um recorde de aceleração que caiu.

Uns míseros 2,275507139 segundos (sim, são nove casas decimais) até atingir os 96 km/h (60 mph)! Mais rápido que a santíssima trindade – Porsche 918, McLaren P1 e Ferrari LaFerrari -, o Tesla Model S P100D, em modo Ludicrous, foi o primeiro carro testado pela Motor Trend a conseguir baixar dos 2,3 segundos no teste de aceleração.

Os outros valores avançados permitem verificar a mais rápida aceleração de sempre até aos 48 km/h (30 mph) em 0,87 segundos, 0,05 segundos mais rápido que o Porsche 911 Turbo S – o segundo modelo mais rápido testado por eles. Até aos 64 km/h (40 mph) precisou apenas de 1,3 segundos e para os 80 km/h (50 mph) bastaram 1,7 segundos.

Mas há mais recordes. No Model S P100D, o clássicos 0 aos 400 metros, são efectuados em apenas 10,5 segundos, atingindo a velocidade máxima de 201 km/h.

Tesla Model S P100D

O feito é incrível, mas o Model S P100D não consegue manter a vantagem eternamente. Após atingir os 96 km/h, a potência superior dos hiperdesportivos ganham vantagem ao binário instantâneo do Tesla. Os 112 km/h (70 mph) são atingidos pelo LaFerrari um décimo de segundo antes, e a partir dos 128 km/h (80 mph), todos eles afastam-se ainda com mais determinação deste modelo 100% elétrico.

Qual é o segredo do Tesla S P100D?

O segredo para a aceleração prodigiosa do Model S P100D reside nos seus dois motores elétricos e nas poderosas baterias de lítio de 100 kWh. O motor dianteiro debita 262 cv e 375 Nm enquanto que o motor traseiro debita 510 cv e 525 Nm, num total combinado de 612 cv e 967 Nm. Mas nem só de potência pura dependem estes números.

É ao modo Ludicrous – apelido que a Tesla deu ao seu sistema launch control – que cabe a responsabilidade de gerir a entrega de potência às quatro rodas. Para garantir que as baterias não sofrem com estas solicitações mais radicais o sistema de ar condicionado ativa uma conduta para arrefecer os motores elétricos e aquecer as baterias, permitindo manter a temperatura destes componentes no intervalo ideal para garantir os melhores valores de aceleração possíveis.

Imagens: Motor Trend

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos