Carro do Ano 2017

Renault Mégane Sport Tourer Energy dCi 130 GT Line: versatilidade e estilo

Versão GT Line aposta no visual desportivo sem descurar as obrigações familiares. Conhece os argumentos que o Renault Mégane Sport Tourer apresenta ao prémio Carro do Ano 2017.

A Mégane Sport Tourer, chega ao nosso mercado com a premissa de juntar as qualidades típicas de uma carrinha com uma veia mais dinâmica. Aos já referidos atributos do seu irmão de cinco portas (berlina), o Sport Tourer junta competências acrescidas em matéria de gestão de espaço.

Dispõe de uma bagageira com uma volumetria total de 521 litros, tendo dois patamares de carga: uma posição alta, para obter um piso plano quando o banco traseiro está totalmente rebatido, reservando ainda mais 50 litros de espaço sob o piso; e uma posição baixa, que permite usufruir da totalidade do espaço disponível.

Com o rebatimento dos bancos posteriores na proporção 1/3 – 2/3, operação facilitada pelos manípulos na bagageira, a capacidade de carga chega aos 1 504 litros.

RELACIONADO: Carro do Ano 2017: conhece todos os candidatos

Paralelamente, com o rebatimento do banco do passageiro dianteiro para a posição de mesa, o plano de carga no Renault Mégane Sport Tourer pode chegar aos 2,7 metros, o que segundo a Renault constitui um recorde para o segmento.

A habitabilidade do Renault Mégane Sport Tourer está ao melhor do segmento para esta classe de carroçarias, com mais espaço para joelhos de quem viaja atrás, 1 441 mm de largura à frente e 1 377 mm atrás (ao nível dos ombros) e ainda maior inclinação do banco traseiro, face à anterior geração, para mais conforto.

Renault Mégane Sport Tourer

A versão submetida a concurso no Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal, Renault Mégane Sport Tourer Energy dCi 130 GT Line, pauta-se por um equipamento rico e de caráter tecnológico, começando pelo display 7” dos mostradores a cores em TFT, pelo Head-Up Display e pelo ecrã central tátil de 7” do sistema R-Link 2, que permite controlar o sistema de navegação, as comunicações, o sistema áudio, as aplicações, a climatização e os sistemas de ajuda à condução. Além disto, a versão GT Line oferece ainda reconhecimento de sinais de trânsito, controlo de pressão de pneus, alerta de transposição de faixa, comutação automática de luzes, sensores de luz, chuva e de estacionamento à frente e atrás e modos de condução Multi-Sense.

Desde 2015 que a Razão Automóvel integra o painel de jurados do prémio Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal.

Em termos de motorização, esta versão tem sob o capot o 1.6 dCi de 130 cv de potência. Conjugado com uma caixa manual de seis velocidades, o consumo médio anunciado é de 4,0 l/100 km e emissões de CO2 de 103 g/km, uma aceleração de 0 a 100 km/h em 10,6 segundos e uma velocidade máxima de 198 km/h.

Além do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCi 130 GT Line concorre igualmente à classe Carrinha do Ano, onde enfrentará o KIA Optima Sportswagon 1.7 CRDi e o Volvo V90 D4.

Especificações Renault Mégane Sport Tourer Energy dCi 130 GT Line

Motor: Diesel, quatro cilindros, turbo, 1598 cm3
Potência: 130 cv/4000 rpm
Aceleração 0-100 km/h: 10,6 s
Velocidade Máxima: 198 km/h
Consumo Médio: 4,0 l/100 km
Emissões CO2: 103 g/km
Preço: 31 500 euros


Texto: Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal

Mais artigos em Notícias