Carro do Ano 2017

Renault Mégane Energy dCi 130 GT Line: líder com veia tecnológica

Competente motor 1.6 dCi de 130 cv e apresentação interior cuidada. Conhece todos os argumentos deste modelo francês candidato ao Carro do Ano 2017 em Portugal.

Num ano em que cumpre o seu 20º aniversário, o Renault Mégane estreia uma nova geração, procurando manter a liderança evidenciada há vários anos no nosso mercado.

Esta nova encarnação surge com uma linguagem estética completamente nova, rompendo com o modelo anterior, e que inclui alguns apontamentos já estreados no mais recente Clio, como o losango bem dimensionado na grelha frontal e faróis estilizados, ao que acrescenta ainda luzes de presença em LED Edge Light, entradas de ar inferiores e formas que lhe conferem um look bem sofisticado.

O mesmo se aplica à traseira, totalmente redesenhada para apresentar grupos óticos mais horizontais, com uma assinatura em LED ondulada que converge para o losango no portão. Também no interior os criativos da Renault quiseram acentuar a tónica da qualidade, com materiais de primeira água em torno de um design estilizado, mas sóbrio, e acima de tudo prático, para complementar o generoso espaço habitável. A bagageira tem uma volumetria de 384 litros, que se estendem a 1 247 litros, com o rebatimento dos bancos traseiros.

RELACIONADO: Carro do Ano 2017: conhece todos os candidatos

Os bancos de excelente apoio lateral, forrados a tecido GT Line, dão um contributo importante ao conforto, em paralelo com a suspensão e a cuidada filtragem do habitáculo, de forma a garantir viagens agradáveis. A veia vincadamente tecnológica é evidenciada pelo display 7” dos mostradores a cores em TFT, pelo Head-Up Display e pelo ecrã central tátil de 7”, do sistema R-Link 2, que inclui navegação com ligação à internet.

Ainda no capítulo tecnológico, o Renault Mégane oferece, na versão GT Line, reconhecimento de sinais de trânsito, controlo de pressão de pneus, alerta de transposição de faixa, comutação automática de luzes, sensores de luz, chuva e de estacionamento à frente e atrás e modos de condução Multi-Sense.

No domínio do conforto, o GT Line tem de série climatização bizona, cartão mãos-livres e vidros escurecidos atrás, juntando ainda itens mais desportivos, como as jantes de 17” e a dupla saída de escape.

Desde 2015 que a Razão Automóvel integra o painel de jurados do prémio Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal.

Em termos de motorização, a versão proposta a concurso conta com os préstimos do 1.6 dCi, que desenvolve 130 cv de potência e 320 Nm de binário máximo, disponível a partir das 1750 rpm. Para este motor, conjugado com uma caixa manual de seis velocidades, a Renault anuncia um consumo médio de 4 l/100 km e emissões de CO2 de 103 g/km, uma aceleração de 0 a 100 km/h em 10 segundos e uma velocidade máxima de 198 km/h.

Além do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal, o Renault Mégane Energy dCi 130 GT Line concorre igualmente à classe Familiar do Ano, onde enfrentará o Mazda3 CS SKYACTIV-D 1.5.

Especificações Renault Mégane Energy dCi 130 GT Line

Motor: Diesel, quatro cilindros, turbo, 1598 cm3
Potência: 130 CV/4000 rpm
Aceleração 0-100 km/h: 10,0 s
Velocidade Máxima: 198 km/h
Consumo Médio: 4,0 l/100 km
Emissões CO2: 103 g/km
Preço: 30 300 euros


Texto: Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos