O jovem que está a construir um Nissan Juke com 500 cv de potência

Um Nissan Juke com 500 cv de potência (ou mais) não seria inédito, mas Mike Gorman quer fazê-lo com o motor 1.6 litros de série.

Mike Gorman é um jovem consultor médico norte-americano e um confesso apaixonado por automóveis. Em 2011, Mike começou a procurar um carro, algo que fosse prático, confortável e com consumos moderados (perante os padrões dos EUA) e A escolha acabou por recair neste Nissan Juke. Mas tal como próprio assume, Mike é uma pessoa que gosta de dar nas vistas. “Não consigo ter um carro 100% de origem”, admite.

Por isso, alguns meses depois o jovem norte-americano começou a pensar em algo mais radical e divertido, mas sem ter que se desfazer do seu Nissan Juke. Por isso pediu ajuda a uns amigos que o ajudassem a cumprir um objetivo bastante ambicioso: aumentar a potência do motor 1.6 litros do seu Nissan Juke para os 500 cv.

Esta ideia disparatada brilhante foi apelidada de Project Insane Juke e tem vindo a tomar forma passo a passo, e a lista de modificações inclui um turbocompressor Garrett GTX, novos coletores de escape, um novo intercooler, válvula wastegate, pneus mais largos, bancos de competição, kit de carroçaria, etc. Para dar um boost adicional, Mike e companhia planeiam também acrescentar um sistema de injeção de óxido nitroso nitro.

A NÃO PERDER: Conhece os desenhos técnicos das várias gerações do Porsche 911

Então, um aumento desta natureza exige uma transmissão completamente nova, certo? Não… Mike Gorman pretende transformar o seu SUV compacto numa «máquina de potência» mas sem abdicar da tração dianteira nem da caixa de variação contínua de série (buuuuhhh!), que deverá receber também um sistema de refrigeração.

Todo o projeto tem sido documentado com vídeos regulares na página FastReligion. Fica com o primeiro vídeo, gravado no início do ano passado:

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter