McLaren F1 Vs. Bugatti Veyron: quando duas lendas se cruzam

Um duelo de titãs entre os dois automóveis mais rápidos da sua época. Qual é que escolhias?

De um lado, o histórico, genial, fantástico, old-school (faltam adjetivos…) McLaren F1. Produzido entre 1993 e 1998, o F1 ficou para história como carro de produção com motor atmosférico mais rápido de sempre – V12 de 6.1 litros com 640cv de potência – ao atingir uma velocidade recorde de 390.7 km/h.

Além disso, foi também o primeiro modelo road-legal a recorrer a um chassis em fibra de carbono, fruto do know-how da McLaren oriundo da Fórmula 1.

Do outro, o Bugatti Veyron. Mais recente, mais tecnológico e mais rápido, graças ao colossal motor W16 de 8.0 litros em posição central traseira. Embora a versão original chegasse aos 407 km/h, a variante mais potente (Super Sport) sem limitador de velocidade ultrapassava os 430 km/h. Já as acelerações cumpriam-se num abrir e fechar de olhos: 2.6 segundos dos 0-100km/h, só superado pelo seu sucessor, o Bugatti Chiron.

A NÃO PERDER: Qual é a velocidade máxima do Bugatti Chiron sem limitador?

Especificações à parte, ambos têm os seus argumentos. A Kidston TV quis homenagear estes modelos e por isso levou-os até ao histórico circuito Reims-Gueux, que provou ser o palco perfeito para este vídeo. Uma conversa para ouvir do princípio ao fim.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos