Jovem de 13 anos fica a 3 centésimos de ganhar o Global Time Attack

Decorem este nome: Steven Aghakhani. Aos 13 anos, este jovem piloto já dá luta a profissionais com o triplo da sua idade.

Os mais atentos já terão tido a oportunidade de o conhecer, mas para quem não sabe, Steven Aghakhani é um jovem de apenas 13 anos que desde cedo começou a despertar as atenções no mundo do automobilismo.

Incentivado pelo pai Armik, ele próprio um ex-piloto, Steven iniciou-se nas lides da condução com apenas 7 anos no karting. Seis anos depois, e atualmente treinado por Michael Essa, antigo campeão de Formula Drift, este jovem continua a dar cartas, agora sentado ao volante de GT’s e contra adversários com idade para serem seus pais.

No último fim-de-semana Steven Aghakhani participou numa ronda do Global Time Attack – sabe mais sobre este campeonato aqui -, ao volante de um Lamborghini Huracán Super Trofeo conseguiu um tempo de 1:41.612, mais três centésimos de segundo que o vencedor, o americano 1:41.612 Mark Jager (Subaru STi AWD).

A NÃO PERDER: Lamborghini Huracán + Nitro: ponham o cinto e agarrem-se bem…

No final, apesar do resultado, o jovem preferiu atribuir o mérito ao desportivo italiano. “O Lamborghini Huracán é um fabuloso carro de corrida. Ainda tenho muito para aprender sobre o carro, mas é incrível sentar-me ao volante. Mal posso esperar pela oportunidade de guiar novamente o carro”, afirma.

Estamos perante um jovem capaz de alcançar a Fórmula 1? Só o tempo o dirá. Sabendo porém que competir nos principais campeonatos de fórmula europeus continua a ser o melhor caminho para alcançar a classe rainha do automobilismo.

steven-aghakhani-13-anos-4

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos