Renault Trezor Concept: o que nos reserva o futuro

O Renault Trezor Concept foi talvez a maior surpresa do Salão de Paris, mas acabou por ser uma grandes atrações da “cidade luz”.

Em 2010, a Renault levou ao Salão de Paris o concept DeZir, o primeiro de uma série de 6 protótipos lançados por Laurens van den Acker, o responsável pelo departamento de design da Renault. Seis anos volvidos, o designer holandês renova o ciclo com a apresentação do Renault Trezor na capital francesa. E tal como o DeZir, este não irá certamente chegar às linhas de produção, mas serve como amostra daquilo que irá ser o futuro da marca francesa.

O que vemos nas imagens é um desportivo de dois lugares com formas curvilíneas e uma carroçaria feita em fibra de carbono (que contrasta com os tons vermelhos do interior e vidro dianteiro), em que o grande destaque é a ausência de portas. O acesso ao habitáculo faz-se através do tejadilho, que se eleva na vertical e para a dianteira, como podem ver nas imagens. Para complementar o aspeto vanguardista, a Renault optou por uma assinatura luminosa horizontal e jantes dianteiras e traseiras de 21 e 22 polegadas, respetivamente.

renault-trezor-concept-8

Mesmo com dimensões generosas – 4.70 m de comprimento, 2.18 m de largura e 1.08 m de altura – o Renault Trezor Concept pesa “apenas” 1600 kg e tem um coeficiente aerodinâmico de 0.22.

RELACIONADO: Conhece as principais novidades do Salão de Paris 2016

No interior encontramos um ecrã tátil OLED no painel de instrumentos, que concentra em si todas as funcionalidades e contribui para uma interface simples e futurista. Quanto ao modo de condução autónoma, que a Renaullt pretende introduzir nos modelos de produção já daqui a quatro anos, no Trezor Concept o volante (composto por duas estruturas em alumínio) aumenta de largura, tornando possível ver-se através dele.

No que toca à propulsão, tal como se esperaria o novo protótipo é alimentado por duas unidades elétricas com 350 cv e 380 Nm – quer os motores quer o sistema de recuperação de energia foram baseados no modelo de Fórmula E da Renault. O Trezor Concept é auxiliado por duas baterias colocadas nas extremidades do veículo, cada uma com um sistema de refrigeração próprio. Tudo isto permite acelerações dos 0 aos 100 km/ em 4 segundos, de acordo com a marca.

renault-trezor-concept-4

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos