FWD’s de caixa manual: afinal, qual é o mais rápido?

Hoje as caixas de dupla embraiagem ficaram na garagem, o destaque vai inteiramente para três modelos equipados com caixas manuais. Seat, Volkswagen e Honda disputam um sprint de 400 metros. Aceitam-se apostas…

Tração, tração, tração. Em automóveis desportivos com a tração no eixo errado (gostaram da provocação?), colocar a potência no chão não é importante… é crucial! Especialmente numa drag race dos 0 aos 400 metros.

A NÃO PERDER: Discos perfurados, ranhurados ou lisos. Qual é a melhor opção?

Como já dissemos, hoje o destaque vai para os nossos amados modelos com caixa manual: Seat Leon Cupra 290, Volkswagen Golf Clubsport e Honda Civic Type-R. Para além das caixas manuais e do posicionamento claramente desportivo, estes três hot hatches têm ainda em comum o facto de todos recorrerem a motores 2 litros turbo.

Deste trio, o mais potente por larga margem é o Type-R (310cv). O Leon Cupra responde com 290 cv e o Golf GTI também – mas apenas por 10 segundos e em modo overboost, após este período a potência baixa para os 265 cv. Será que as diferenças na ficha técnica se repercutem nesta drag race? Vamos ver…

Sem grande surpresa o Type-R ganhou, não foi? Enquanto modelo 100% desportivo, o Type-R leva vantagem. Em 2º lugar surge o Cupra R, apresentando talvez uma das melhores relações preço/qualidade/performance da atualidade. Por último surge o Golf GTI Clubsport, um modelo especial, numerado, que faz uso da sua imagem, tradição e performance (que não compromete) para continuar a conquistar uma legião de fãs.

Provocações à parte, a verdade é que os desportivos de tração dianteira estão melhores que nunca. A capacidade que os eixos dianteiros modernos têm de gerir os efeitos nefastos da potência é surpreendente e garantem níveis de performance e diversão que há bem pouco tempo atrás estavam reservados aos modelos de tração traseira. Not any more… longa vida aos FWD!

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter