Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Novo Porsche Panamera 4 E-Hybrid: sustentabilidade e performance

O Salão de Paris vai servir de palco para a revelação do quarto modelo da gama Panamera, o Porsche Panamera 4 E-Hybrid.

Apostar na mobilidade sustentável sem descurar na performance. É esta a filosofia que define o novo Porsche Panamera 4 E-Hybrid, uma verdadeira berlina desportiva agora com tecnologia plug-in híbrida. O modelo alemão arranca sempre em modo 100% elétrico (E-Power) e circula sem emitir gases de escape até uma autonomia de 50 quilómetros, com uma velocidade máxima de 140 km/h.

Ao contrário do seu antecessor, no novo Panamera 4 E-Hybrid toda a potência do motor elétrico – 136 cv e 400 Nm de binário – está disponível assim que se pressiona o acelerador. No entanto, é com a ajuda do motor V6 biturbo de 2.9 litros (330 cv e 450 Nm) que o modelo alemão atinge performances superlativas – a velocidade máxima é de 278 km/h, enquanto que o sprint dos 0 aos 100 km/h cumpre-se em apenas 4,6 segundos. No total são 462 cv de potência combinada e 700 Nm de binário distribuídos pelas quatro rodas, com consumos médios anunciados de 2,5 l/100 km. As três câmaras da suspensão pneumática asseguram um melhor equilíbrio entre conforto e a dinâmica.

porsche-panamera-4-e-hybrid-5

VEJAM TAMBÉM: Aprende como como é calculada a potência dos automóveis híbridos?

O Porsche Panamera 4 E-Hybrid estreia uma nova caixa PDK de oito velocidades com tempos de resposta mais rápidos que, tal como os restantes modelos da segunda geração do Panamera, substitui a anterior transmissão de oito velocidades com conversor de binário.

Ainda em relação ao motor elétrico, o carregamento completo das baterias demora 5.8 horas, numa ligação de 230 V 10-A. Já o carregamento de 7.2 kW com ligação de 230 V 32-A demora apenas 3.6 horas. O processo de carregamento pode ser iniciado utilizando o temporizador do Porsche Communication Management (PCM), ou através da aplicação Porsche Car Connect (para smartphones e Apple Watch). O Panamera 4 E-Hybrid está ainda equipado de série com o sistema de ar condicionado auxiliar para aquecer ou arrefecer o habitáculo enquanto carrega.

Outro dos destaques da segunda geração do Panamera é o novo conceito de visualização e controlo, na forma de Porsche Advanced Cockpit, com painéis sensíveis ao toque e configuráveis individualmente. Dois ecrãs de sete polegadas, um de cada lado do conta-rotações analógico, formam o cockpit interativo – o Panamera 4 E-Hybrid contempla um medidor de energia adaptado para a funcionalidade híbrida.

O Pacote Sport Chrono, que inclui o comutador de modos integrado no volante, faz parte do equipamento de série do Panamera 4 E-Hybrid. Este comutador, em conjunto com o Porsche Communication Management, são utilizados para ativar os vários modos de condução disponíveis – Sport, Sport Plus, E-Power, Hybrid Auto, E-Hold, E-Charge. O Panamera 4 E-Hybrid tem presença marca para o próximo Salão de Paris, que decorre entre de 1 a 16 de outubro. Esta nova versão está já disponível para encomendas a um preço a partir de 115.337 €, sendo que as primeiras unidades serão entregues em meados de abril do próximo ano.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter