Mazda RX-9 com lançamento previsto para 2020

O futuro Mazda RX-9 irá recorrer a um motor rotativo Skyactiv-R com 1.6 litros de cilindrada. Até aqui, nada de novo…

A grande novidade é que a Mazda, para assegurar uma entrega de potência forte em todos os regimes, vai equipar este novo motor Skyactiv-R com dois tipos de sobrealimentação: a rotações baixas, o motor beneficiará de um turbo elétrico; já a rotações mais altas, o motor recorrerá a um turbo convencional de maiores dimensões.

RELACIONADO: Os motores Wankel da Mazda estão de volta

A tecnologia irá equipar o desportivo nipónico com um bloco de 1.6 litros (dividido entre dois rotores de 800cc cada), turbocompressor e tecnologia HCCI (Homogeneous Charge Compression Ignition) já conhecida nos blocos a diesel, o que permite uma potência a rondar os 400cv. Materiais mais leves, uma melhor distribuição do peso – não irá ultrapassar os 1300 kg – e transmissão de dupla embraiagem são algumas das características que nos levam a acreditar que o sucessor do RX-8 terá uma performance à altura do legado deixado pelos RX-5 e RX-7.

O Mazda RX-9 marca presença no próximo Salão de Tóquio e a apresentação ao público está prevista para 2019. A chegada aos concessionários está marcada para o ano de 2020, data em que a marca nipónica celebra o seu centenário.

A NÃO PERDER: Mazda RX-500 é o concept de que nunca nos esqueceremos

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias