Manhart apresenta BMW M2 com 630 cv de potência

Em jeito de celebração do seu 30º aniversário, a preparadora alemã Manhart não se ficou por meias medidas e desenvolveu um pacote de modificações extremas para o BMW M2.

e é verdade que o M2 de série não é propriamente um modelo que padece de falta de potência, também é verdade que como em qualquer outro desportivo, há sempre espaço para melhorias, que o diga a Manhart.

Ao bloco 3.0 litros de 6 cilindros, a preparadora alemã acrescentou um módulo biturbo e um intercooler personalizado. A isto juntou-se um sistema de escape desportivo, uns pequenos tweaks na suspensão et voilá: 630 cv de potência e 700 Nm de binário máximo. A Manhart acrescentou ainda novos discos de travão – 380 mm à frente, 370 mm atrás – jantes Manhart Concave ONE de 19 polegadas e pneus Michelin Cup 2.

VEJAM TAMBÉM: BMW Z4 tem os dias contados

Como é óbvio, todo este incremento de potência não ficaria completo sem um pacote estético, que inclui um splitter dianteiro, novas entradas de ar, difusor e spoiler traseiros e uma carroçaria pintada em tons de dourado com um interior forrado a pele Alcantara a condizer, com bancos desportivos Recaro Sportster CS Sport. A Manhart não revelou números relativos à performance deste BMW M2, que por isso ficam à imaginação de cada um. Uma pista: é bastante rápido. Mesmo muito rápido.

Manhart BMW M2 (4)

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter