O Honda N600 que engoliu uma mota… e sobreviveu

Está disponível para leilão uma versão modificada do Honda N600. Um micro-rocket bastante sui generis…

Lançado em 1967, o Honda N600 era a versão mais potente do N360. Passado quase meio século, um entusiasta norte-americano decidiu meter mãos à obra e adaptar o seu próprio exemplar (de 1972) aos tempos modernos, que se encontra agora à venda.

Mas desengane-se quem pensa que este foi um simples restauro. De acordo com o vendedor, em relação ao modelo original, sobraram apenas as dobradiças das portas, os vidros laterais e pouco mais. No lugar do motor de 354cc encontramos um motor V4 de uma Honda VFR800 de 1998 – sim, de uma mota. A transformação foi de tal ordem que até o tanque de combustível foi aproveitado, servindo agora como capa para o motor.

Honda N600 (9)

A NÃO PERDER: Novo Honda S2000 daqui a um ano e meio?

Graças a uma suspensão independente às quatro rodas (com componentes do Mazda MX-5 NA), sistema de escape Supertrapp e a um novo sistema de tracção traseira, o Honda N600 é agora capaz de superar os 200 km/h – relembramos que o modelo original tinha uma velocidade máxima à volta dos 120 km/h.

Em termos estéticos, a carroçaria foi reconstruída e conta com pára-choques do Chevrolet Camaro – o isolamento de ruído também não foi esquecido. No interior, além do túnel central redesenhado, o modelo nipónico ganhou um volante de menores dimensões (13 polegadas) com patilhas para a transmissão sequencial, bancos dianteiros de um Polaris RZR e o próprio painel de instrumentos da Honda VFR800, como se pode ver nas imagens.

À data de publicação deste artigo, a maior licitação para Honda N600 era de 12,000$, cerca de 10.760 euros.

Honda N600 (4)

Fonte: Motorcyclist

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter