Alpina B7 Bi-Turbo: performance e precisão

O novo Alpina B7 Bi-Turbo xDrive apresentado em Genebra concilia a potência com o conforto.

Baseado no Série 7 da BMW, o Alpina B7 aproveita todos avanços tecnológicos do modelo de base e focou-se na performance. Esteticamente, a preparadora alemã adoptou um body kit discreto, preservando o aspecto luxuoso mas dando-lhe aquele toque desportivo. Escapes cromados, spoiler traseiro e jantes Alpina Classic de 20 polegadas foram alguns dos componentes acrescentados pela Alpina.

A NÃO PERDER: As imagens exclusivas da Razão Automóvel no Salão de Genebra

Debaixo do capot encontramos uma versão melhorada do motor V8 de 4.4 litros, auxiliado por uma caixa automática de oito velocidades Alpina Switch-Tronic e, tal como o nome indica, sistema tração integral. No total, o bloco V8 produz agora 608 cv potência e 800 Nm de binário.

Alpina B7 (6)

A NÃO PERDER: Arash AF10 apresentado em Genebra com mais de 2000cv

Para finalizar o upgrade ao topo de gama alemão, a Alpina acrescentou uma suspensão pneumática. Todas estas modificações traduzem-se em prestações de grande nível: dos 0 aos 100/km em 3.7 segundos e uma velocidade máxima de 330 km/h.

No interior, o destaque vai para o sistema de navegação, câmara traseira e um sistema de entretenimento que incluí a tecnologia head-up display. Além disso, preparadora investiu na qualidade dos materiais: tablier e bancos revestidos em pele, acabamentos em madeira de dois tons e botões com acabamentos em cerâmica no painel de instrumentos.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter