Koenigsegg Regera: dos “0-200” em apenas 6,6 segundos

O superdesportivo que já tinha sido apresentado na edição transacta do Salão de Genebra regressa na versão de produção.

Era um dos modelos mais antecipados do certame helvético, e pode dizer-se que não desiludiu. Segundo a marca sueca, o Koenigsegg Regera passou por um intenso período de desenvolvimento e testes, e no final recebeu cerca de 3.000 pequenas melhorias que somadas fazem toda a diferença.

Em termos de motorizações – para muitos o mais importante – o superdesportivo dispõe de um motor V8 bi-turbo de 5.0 litros, que em conjunto com três motores elétricos debita 1500 cv e 2000 Nm de binario. Toda esta potência resulta em prestações estonteantes: as acelerações dos 0 aos 100 km/h cumprem-se nuns escassos 2.8 segundos, dos 0 aos 200km/h em 6.6 segundos e dos 0 aos 400 km/h em 20 segundos. Já as recuperações dos 150km/h aos 250 km/h demoram apenas 3.9 segundos!

RELACIONADO: Acompanha o Salão de Genebra com a Razão Automóvel

Uma das principais novidades é a ausência de qualquer caixa de velocidades. Sim, leram bem. O Koenigsegg Regera usufrui do sistema exclusivo Koenigsegg Direct Drive (KDD), que graças a um diferencial traseiro de acoplamento hidráulico permite a transmissão direta de potência do motor para as rodas.

Embora o design exterior nos seja familiar, no interior, o desportivo conta com bancos redesenhados, carregador wireless para smarthphones e um sistema de entretenimento compatível com a tecnologia Apple CarPlay. De acordo com a marca sueca, a produção do Koenigsegg Regera deverá arrancar ainda este ano.

Koenigsegg Regera (2) Koenigsegg Regera (3)

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter