McLaren 570GT: o “grand tourer” que faltava

O McLaren 570GT reflecte as preocupações da marca britânica com o conforto e dinâmica.

Com base no modelo de entrada da marca – McLaren 570S – o novo membro da gama Sports Series prepara-se para tomar de assalto o Salão de Genebra. Ao contrário do que o nome poderia indicar, a McLaren investiu não na potência mas sim num desportivo orientado para a utilização diária, o que resulta num modelo mais espaçoso e prático.

A principal novidade é a janela traseira em vidro – “touring deck” – que permite um acesso mais fácil ao compartimento localizado atrás dos bancos dianteiros, com uma capacidade de 220 litros. No interior, embora a estrutura seja a mesma, a McLaren investiu na qualidade dos materiais, comodidade e isolamento de ruído.

Embora a dianteira e as portas permaneçam iguais, o tejadilho foi renovado e permite agora uma visão mais panorâmica. Segundo a marca, a suspensão mais suave, em conjunto com os modos de condução Normal, Sport e Track que transitam do 570S, melhora a adaptação do carro ao piso, o que proporciona uma viagem mais confortável.

McLaren 570GT (5)

VEJAM TAMBÉM: Imagens inéditas do «quartel general» dos Mclaren P1 GTR

Ao nível mecânico, o McLaren 570GT está equipado com o mesmo motor central biturbo 3.8 L da versão base, com 562 cv de potência e 599 Nm de binário, auxiliado por uma caixa de dupla embraiagem e sistema de tracção traseira. Além disso, a marca garante ligeiras melhorias na aerodinâmica.

Em termos de performance, o McLaren 570GT alcança os mesmos 328km/h de velocidade máxima do McLaren 570S. As acelerações dos 0 aos 100km/h cumprem-se em 3.4 segundos, mais 0,2 segundos do que o 570S, uma diferença explicada pelo facto de o novo modelo ser ligeiramente mais pesado. O McLaren 570GT tem apresentação marcada para o Salão de Genebra, na próxima semana.

McLaren 570GT (6)
McLaren 570GT (8)

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos