Edição especial Zenith marca o fim do Rolls-Royce Phantom VII

Contando já com sete gerações de luxo, conforto e imponência absoluta, a Rolls-Royce anunciou que o modelo Phantom, na sua actual geração, verá a sua produção terminar em todas as suas versões já este ano. Mas sendo esta uma das mais prestigiadas fabricantes do mundo, não se podia despedir do seu maior modelo sem uma edição especial – Zenith.

Ao fim de mais de treze anos ao serviço da luxuosa fabricante britânica, o Rolls-Royce Phantom VII irá ser substituído por uma nova geração no decorrer dos próximos anos. Porém, a marca anunciou que se irá despedir da actual geração do Phantom com o lançamento de uma edição especial designada Zenith, limitada a apenas 50 exemplares e disponível nas versões Phantom Coupé e Drophead Coupé.

A NÃO PERDER: Conhece as novidades reservadas para o Salão de Genebra

Segundo o Director de Design da Rolls-Royce, Giles Taylor, a edição especial Zenith “irá ser a melhor do seu género. Atingirá os mais altos padrões e reunirá as melhores características do Phantom Coupé e Drophead Coupé, com algumas supresas…” Quanto às diferenças mais assinaláveis da edição Zenith, os 50 exemplares possuirão um painel de instrumentos único e um acabamento especial na emblemática figura “Spirit of Ecstasy” presente no capô. Com a palavra “exclusividade” claramente presente em força nesta edição, cada exemplar terá uma gravação a laser das localizações originais de lançamento dos concept´s 100EX e 101EX em Villa D’Este e Genebra, respectivamente.

No que toca à próxima geração do Rolls-Royce Phantom, sabe-se que terá um design mais moderno e uma arquitectura em alumínio totalmente nova. Estrutura esta que deverá fazer parte de todos os modelos da Rolls-Royce a partir de 2018.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos