Skoda Superb: mais espaço e mais conteúdo

A terceira geração do Skoda Superb aposta na promoção das suas principais qualidades “genéticas” – espaço e conforto a bordo, qualidade de construção e dinamismo em estrada.

Ao acrescentar um nível de sofisticação tecnológica, expresso quer nos equipamentos de entretenimento, quer nas tecnologias de segurança e auxiliares de condução, o novo Skoda Superb pretende destacar-se no mercado.

Esta nova berlina executiva com 4,88 metros de comprimento apresenta um novo design, quer exterior, quer no habitáculo e recorre à plataforma MQB do Grupo Volkswagen, a mesma que utiliza, por exemplo, o Volkswagen Passat.

A distância entre eixos aumentou, o que permite melhorar as cotas de habitabilidade no interior, mantendo-se um produto de referência no que respeita ao espaço para as pernas dos passageiros dos bancos traseiros. Segundo a Skoda “o objetivo dos engenheiros e designers foi criar um espaço interior superior, com um visual mais moderno, elegante e sofisticado.

A NÃO PERDER: Vota no teu modelo favorito para o prémio Escolha do público no Troféu Essilor Carro do Ano 2016

Skoda Superb -6

Com nova melhoria das dimensões interiores, a Skoda transitou qualidades dos veículos de categoria superior ao segmento em que o Superb está inserido. Ainda no que respeita a funcionalidade, a capacidade da bagageira de 625 litros sofreu um aumento de 30 litros em relação à segunda geração do Skoda Superb.

VEJAM TAMBÉM: A lista de candidatos ao Troféu Carro do Ano 2016

A nova plataforma MQB permite ao Superb ter maior distância entre eixos e maior largura de vias, o que conjugado com as novas suspensões e amortecedores, bem como a carroçaria mais leve, permite ao executivo da marca checa ganhar novas aptidões dinâmicas e melhorar a estabilidade em estrada.

Aptidões dinâmicas servidas por uma nova gama de motores, mais eficientes e com melhores prestações. No nosso mercado, o novo Superb é proposto com motores turbo de injeção direta com base na tecnologia MQB (dois blocos TSI a gasolina e três TDI common-rail). Todas as motorizações cumprem as normas EU6 e são propostas com o sistema stop-start e recuperação de energia de travagem (de série). “Os motores a gasolina debitam potências compreendidas entre 150 cv e 280 cv, enquanto os blocos Diesel oferecem potências entre 120 cv e 190 cv. Todos os motores estão disponíveis com uma moderna transmissão de dupla embraiagem e quatro motores disponíveis com tração integral permanente.”

A versão proposta a concurso está equipada com o motor 1.6 TDi de 120 cv que anuncia médias de consumo de 4,2 l/100 km, versão esta que concorre também ao prémio para o Executivo do Ano, onde enfrenta o Audi A4 e o DS5.

Em matéria de equipamento o Skoda recebe um novo pacote tecnológico, merecendo destaque sistemas como o SmartLink que inclui MirrorLinkTM, Apple CarPlay e Android Auto. O interface SmartGate desenvolvido pela Skoda permite que determinados dados do veículo possam ser acedidos nas aplicações dos smartphones do utilizador.

Skoda Superb

Texto: Prémio Essilor Carro do Ano / Troféu Volante de Cristal
Imagens: Diogo Teixeira / Razão Automóvel

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos