Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Hyundai i40 SW: reforçar a competitividade

O novo Hyundai i40 SW recorre a uma nova transmissão automática de sete velocidades. Motor diesel mais potente e com consumos mais reduzidos.

O Hyundai i40 é o cavalo de tróia da marca coreana para o exclusivo segmento D do mercado europeu. Um modelo importante para a consolidação da imagem da marca na Europa, onde desde o seu lançamento em 2011 já superou as 100 mil unidades vendidas e uma quota de mercado de 5 por cento.

Para reforçar a competitividade desta sua proposta, a Hyundai lançou em 2015 uma nova vaga do i40 nas suas versões berlina e carrinha, precisamente a carroçaria que inscreve nesta eleição do Carro do Ano em Portugal.

A NÃO PERDER: Vota no teu modelo favorito para o prémio Escolha do público no Troféu Essilor Carro do Ano 2016

Hyundai i40 SW-10

Nesta nova vaga, destaque para o apuramento do design – tanto exterior como interior – e, sobretudo para a introdução de novidades tecnológicas, mais conteúdo e equipamento.

O modelo 2015 do Hyundai i40 estreia uma nova caixa automática de dupla embraiagem de sete velocidades (DCT) e um renovado motor Diesel, que segundo a Hyundai “reforça a capacidade de resposta, eficiência e utilização diária.” Trata-se de um bloco Diesel 1.7 CRDi com 141 cavalos de potência que segundo a Hyundai realiza médias de consumo de 5 litros a cada 100 km/h.

VEJAM TAMBÉM: A lista de candidatos ao Troféu Carro do Ano 2016

A somar à nova caixa automática e ao renovado motor, destaque para um pacote tecnológico que refina a condução e a eficácia em estrada do Hyundai. Entre as novidades, destaque para a atualização do sistema de amortecimento variável e para o novo sistema de controlo de tração e estabilidade.

A segurança sai também reforçada nesta edição, com a adoção de faróis de xenon, e do sistema inteligente de limitação de velocidade e de deteção de sinais de tráfego.

A versão SW – a carrinha – recebe também um sistema de abertura automática do portão traseiro, que dá acesso a uma bagageira com uma capacidade de carga de 553 litros. Um dado relevante para comparar com os outros modelos que concorrem com ela ao prémio para a Carrinha do Ano e que são o Audi A4 Avant, o Skoda Superb Break e o Skoda Fabia Break.

Hyundai i40

Texto: Prémio Essilor Carro do Ano / Troféu Volante de Cristal
Imagens: Gonçalo Maccario / Razão Automóvel

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter