Mercedes-Benz 300SL de competição guiado por Sir Stirling Moss vai a leilão

O mais prestigiado exemplar do “Gullwing Racer”, conduzido por Stirling Moss, foi impecavelmente restaurado e vai estar disponível em leilão já no próximo mês.

Fabricado em 1955, o Mercedes-Benz 300SL Gullwing Racer W198 é um dos quatro exemplares produzidos exclusivamente pela marca alemã para provas de competição, tendo sido conduzido por Sir Stirling Moss, o famoso automobilista britânico, na “Tour de France Automobile” em 1956.

Por estas razões não é de estranhar que seja um dos Mercedes mais procurados pelos coleccionadores, também devido às “asas de gaivota”, as portas com um formato pouco convencional mas muito populares.

RELACIONADO: Mercedes-Benz Gullwing renasce num design impressionante

Desde 1966 que este Mercedes-Benz 300SL Gullwing Racer esteve na posse do mesmo proprietário e mais recentemente do seu filho, que o herdou após a morte do pai. O processo de restauro do carro demorou cerca de 3 anos e devolveu-o à sua forma original, como podes comprovar pelas fotografias em baixo.

Segundo a revista Sports Car Market, o mais caro “Gullwing Racer” foi vendido por 4,62 milhões de dólares em 2012. Agora, espera-se que o Mercedes-Benz 300SL Gullwing Racer ultrapasse esse recorde e seja vendido pela casa de leilões RM Sotheby’s por sensivelmente 6 milhões de dólares. O leilão realiza-se no dia 10 de dezembro em Nova Iorque, mas os mais curiosos podem ver o carro em exposição no dia 5 e 6 do mesmo mês.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter