Lexus LF-FC: o futuro passa pelo hidrogénio

A marca de luxo da Toyota apresentou no Salão de Tóquio, o Lexus LF-FC. Uma alternativa de luxo movida a hidrogénio.

Segundo a Lexus, o novo concept pretende servir de musa inspiradora ao sucessor do modelo LS: ” o Lexus LF-FC oferece uma visão do design e tecnologia da próxima berlina de luxo da marca”. 

Começando pelos interiores, a marca nipónica decide oferecer mais espaço aos ocupantes e proporcionar um ambiente o mais futurista possível a quem vá usufruir do cockpit, também adjetivado pela Lexus como “extremamente funcional”. Os bancos, portas e painel central forrados a cabedal nivelam o LF-FC com as melhores concepts que já tivemos oportunidade de observar. O painel central merece especial destaque por englobar um sistema de interface humano que utiliza gestos com inputs.

RELACIONADO: Toyota Mirai eleito automóvel mais revolucionário da década

lexus-lf-fc-concept-2015-tokyo-motor-show_100531955_l

O design exterior mantém toda a elegância que podemos esperar de um Lexus com a alma de GT. A linha de tejadilho inspirada num coupé merece destaque na nova visão traseira da berlina, assim como o as linhas definitivamente desportivas. A completar o cariz desportivo, surgem as jantes de alumínio de 21 polegadas com o detalhe das protecções das rodas em fibra de carbono. O logótipo ganha também uma nova existência na inovadora grelha iluminada.

Chegámos ao aguardado momento de falar sobre o que está debaixo do capot. Um sistema que transforma hidrogénio em eletricidade nas células de combustível (Fuel Cells) que, por sua vez, alimentam os motores eléctricos dos dois eixos. Dados acerca de performances e potência do luxuoso LF-FC ainda são desconhecidos.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias