Apresentação

Honda Clarity Fuel Cell apresentado em Tóquio

A Honda revelou hoje no Salão de Tóquio a próxima geração do seu Clarity Fuel Cell.

O Clarity Fuel Cell é o primeiro veículo de 4 portas (Sedan) a células de combustível de produção em série do mundo a ter a motorização e as células de combustível alojadas no espaço por baixo do capot. O Clarity Fuel Cell vai estar disponível no Japão a partir do início de 2016. Depois, e ainda em 2016, irão ser dadas mais informações relativamente ao lançamento deste modelo na Europa.

Soluções inovadoras na disposição dos componentes

A disposição dos elementos no Clarity Fuel Cell foi inspirada no slogan da empresa “man maximum, machine minimum” (máximo de homem, mínimo de máquina). Graças à minimização integral do espaço ocupado pela motorização, a Honda conseguiu produzir um habitáculo com um nível de espaço suficiente para transportar cinco adultos, em total harmonia, tal como se esperaria de um automóvel de quatro portas convencional. As dimensões da pilha de células de combustível e da unidade de produção de energia foram reduzidas graças às tecnologias avançadas da Honda, de tamanho comparável a um motor V6.

O Clarity Fuel Cell está equipado com um depósito de alta pressão com capacidade para armazenar hidrogénio a 70 MPa, aumentando assim a massa de hidrogénio armazenada e, por conseguinte, a autonomia do veículo. Em conjunto com a motorização eficiente e os reduzidos consumos energéticos, o Clarity Fuel Cell consegue oferecer uma autonomia superior a 700 km.

honda-clarity-fuel-cell 1

Apesar das dimensões compactas da motorização a células de combustível, as tecnologias empregues pela Honda asseguram performances de topo nesta nova pilha de células de combustível. Os separadores de canal de fluxo de onda oferecem agora mais potência, num formato ainda mais fino, graças à redução de 20% (1 mm) na espessura de cada célula.

Estas inovações combinadas tornam a pilha de células de combustível 33% mais compacta do que a pilha instalada no FCX Clarity original. Uma melhoria impressionante porque, juntamente com isto, conseguiu-se aumentar a potência máxima do motor eléctrico para 130 kW (177 CV) e subir a densidade da potência em 60%, para 3,1 kW/L.

honda-clarity-fuel-cell 2

Adicionalmente, o enchimento do depósito de alta pressão é rápido, todo o processo demora cerca de três minutos a 70 MPa e 20°C. Esta e outras vantagens dão ao Clarity Fuel Cell uma funcionalidade no dia-a-dia a que os utilizadores já estão habituados com os veículos tradicionais a gasolina ou gasóleo.

Experiência de condução dinâmica

Concebido para usar a energia da pilha de células de combustível e um conjunto de baterias de iões de lítio, o motor eléctrico acciona as rodas motrizes com acelerações vigorosas. Por acção do aumento constante do binário fornecido pelo motor eléctrico de alta potência (130 kW – 177 CV) sem necessidade de mudanças, o Clarity Fuel Cell acelera de forma suave, desde parado até à velocidade máxima.

O Clarity Fuel Cell oferece dois modos de condução: o modo “Normal”, com o seu equilíbrio entre economia e performances e o modo “Sport” que dá prioridade às acelerações de respostas melhoradas.

A Honda na Europa e a participação no projecto HyFIVE

A Honda prevê lançar o Clarity Fuel Cell em números limitados no mercado europeu, em 2016. A Honda é um dos cinco fabricantes de automóveis que compõem o consórcio HyFive e vai fornecer veículos que farão parte de uma frota europeia composta por 110 veículos, cujo destino é dar a conhecer e promover o desenvolvimento, a utilização e a viabilidade desta nova tecnologia.

No Reino Unido, a Honda tem vindo a colaborar com diversos fornecedores no sentido de fomentar a produção e consumo local de energia, através do estabelecimento de uma estação solar de reabastecimento de hidrogénio nas instalações da fábrica Honda of the UK Manufacturing em Swindon. Esta estação de reabastecimento está aberta ao público (mediante registo) e tem capacidade para reabastecer qualquer tipo de veículo a células de combustível.

Mais artigos em Notícias