Mercedes Concept IAA apresentado em Frankfurt

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Salão de Frankfurt 2015

Mercedes Concept IAA apresentado em Frankfurt

Segundo a Mercedes-Benz, o Concept IAA (Intelligent Aerodynamic Automobile) representa o futuro dos próximos modelos de luxo da marca.

O Mercedes-Benz Concept IAA foi apresentado no Salão de Frankfurt como um recordista de eficiência, deixando antever o que esperar para os próximos modelos de luxo da marca.

O Concept IAA demonstra que a aerodinâmica e o design conseguem andar lado a lado sem se comprometerem. Foi apresentado como um recordista, com um coeficiente aerodinâmico de 0,19 (Cx).

Modos de condução chegam à carroçaria

Esqueçam o botão que coloca o automóvel em “modo desportivo”, ou “modo conforto”, isso é coisa do passado. A Mercedes apresenta dois novos modos de condução que alteram a forma da carroçaria, com recurso a painéis aerodinâmicos eléctricos.

VEJAM TAMBÉM: A história (mal contada) do revolucionário Mercedes-Benz 190 (W201)

O “modo Design” fica ativo até aos 80 km/h. Neste modo a carroçaria do Mercedes Concept IAA mantém o «aspecto de origem», alterando-se a partir dessa velocidade para o “modo Aerodinâmico”. Aqui é que as coisas assumem proporções dignas do filme Transformers.

Mercedes Concept IAA Frankfurt 2015 (9)

No “modo aerodinâmico” o Mercedes Concept IAA cresce 390 mm, com parte da traseira e da frente a aumentarem o seu comprimento em nome da aerodinâmica. Só assim é que foi possível garantir um Cx 0,19. Esta operação é totalmente automática e a sua influência foi testada digitalmente durante mais de 1 milhão de horas.

Prestações

No campo das prestações o Mercedes Concept IAA não desilude. Conta com um motorização híbrida (gasolina/eletricidade) debaixo do capot, a debitar 278 cv de potência, com a velocidade máxima a ficar-se pelos 250 km/h (limitados).

Esta influência na aparência do Mercedes Concept IAA tem repercussões naturais nos consumos e emissões de CO2, os primeiros valores oficiais são de até 28 g/km de CO2 e 66 km de autonomia elétrica.

Mais artigos em Notícias