Reino Unido aposta em autoestradas com carregamento wireless

Cabos com terminais de carregamento wireless no piso poderão ditar o fim da principal limitação dos carros eléctricos: a autonomia. Projeto piloto avança para 18 meses de testes.

Em breve, as principais estradas do Reino Unido, fora do perímetro urbano, poderão carregar as baterias dos carros elétricos e plug-in híbridos. Sem fichas, sem paragens, sem espera. Em movimento!

O governo britânico vai implementar este sistema de carregamento wireless numa autoestrada piloto com o intuito de estudar a viabilidade desta tecnologia em condições reais durante 18 meses. Até agora o governo britânico investiu 250 mil euros com esta projeto, um valor que poderá escalar para os 710 milhões de euros nos próximos 5 anos com os avanços na implementação do projeto.

À semelhança dos carregadores wireless de telemóveis – o novo Audi Q7 já vem equipado com esta tecnologia para telemóveis – as estradas vão usar uma tecnologia de indução magnética. Cabos instalados sob a estrada geram campos eletromagnéticos que vão ser captados e transformados em energia por receptores nos carros. O objetivo deste projeto é ajudar os condutores de carros elétricos e híbridos a evitarem as paragens frequentes para recarregarem os veículos e, também, proteger o meio ambiente.

“As tecnologias de transporte estão a avançar a um ritmo cada vez mais acelerado e nós estamos empenhados em apoiar o crescimento de veículos de muito baixas emissões nas estradas inglesas”, disse Mike Wilson, o principal engenheiro da Highways England, empresa mentora deste projeto.

Fonte: Clean Technica / Observador

Não deixe de nos seguir no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos