Entrada da Ferrari em bolsa poderá render 10 mil milhões de euros

É esta a convicção de Sergio Marchionne. O CEO da FCA (Fiat Chrysler Automobiles) acredita que a entrada da Ferrari em bolsa deverá render pelo menos 10 mil milhões de euros.

Em declarações à Bloomberg, Sergio Marchionne afirmou que as expectativas são altas porque a Ferrari é uma marca única. O facto de venderem apenas 10% da marca também deverá contribuir para o aumento dos preços.

A Oferta Pública Inicial da Ferrari foi anunciada no final de 2014, depois da saída de Luca Montezemolo que era 100% contra a colocação de capital da Ferrari em bolsa. A Ferrari não revelou nenhuma data para esta operação, mas Marchionne já adiantou que a Ferrari estará cotada na bolsa de Nova Iorque através de uma holding holandesa, que por sua vez terá residência fiscal no Reino Unido.

Fonte: Bloomberg

Não deixe de nos seguir no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos