CTT adquire 400 viaturas ‘made in Portugal’

Apostar em produtos nacionais. Foi uma das principais razões apontadas pelos CTT para escolha do Peugeot Partner.

A aposta num produto nacional foi uma das principais razões que levou os CTT a escolher o Peugeot Partner como automóvel que irá equipar a sua nova frota, num total de 400 unidades. Uma produção praticamente portuguesa a 100% – motor e caixas são provenientes de Vigo – vindas da unidade do grupo PSA em Mangualde.

O momento da entrega das primeiras unidades da Peugeot Partner que compõem a nova frota dos CTT | #peugeot #madeinmangualde #mangualde #fabrica #factory #peugeot #citroen #partner #new #razaoautomovel #portugal

Uma foto publicada por Razão Automóvel (@razaoautomovel) a

Diariamente, os CTT entregam 5.6 milhões de objectos e os seus carteiros percorrem 230 mil quilómetros. Por isso, para além de escolher um produto nacional, houve uma preocupação de “colocar na mão dos carteiros CTT automóveis mais seguros”, afirmou Hernâni Santos, director de operações e distribuição dos correios nacionais. Com esta mudança na frota, os CTT vão também conseguir reduzir a pegada ecológica da sua atividade.

Peugeot Partner Mangualde CTT-3

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos