Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Honda Civic Type-R: primeiro contacto

O novo Honda Civic Type-R só chega em Setembro mas nós já o esticámos a fundo no Slovakia Ring, na Eslováquia. Pelo caminho ainda houve tempo para um primeiro contacto em estrada.

O novo Honda Civic Type-R chega cinco anos depois e é baptizado como um “carro de corrida para a estrada”. Segundo a Honda, este estatuto deve-se aos seus 310 cv provindos do estreante VTEC Turbo de 2 litros, bem como ao modo +R que revela o lado mais radical do Honda Civic Type-R.

Chegados a Bratislava estava na hora de nos fazermos à pista e à estrada ao volante do novo Honda Civic Type-R. Mas primeiro, deixo-vos algumas considerações técnicas para encorpar este primeiro contacto.

VÍDEO: Novo Honda Civic Type-R foi o mais rápido em Nürburgring

É impossível ignorar que a cavalagem ultrapassa já os 300 cv: são 310 cv e tração dianteira. O Honda Civic Type-R consegue ser mais potente do que o Volkswagen Golf R e manter a tração toda na frente. Para trás ficam ícones dos tempos modernos como o Renault Mégane RS Trophy (275 cv) ou mesmo um “modesto” Volkswagen Golf GTi Performance com 230 cv.

007 - 2015 CIVIC TYPE R REAR TOP STAT

Na folha das especificações que me é dada horas antes de passar para o volante, os números continuam a agarrar atenções. A aceleração dos 0-100 km/h cumpre-se em 5,7 seg., a velocidade máxima é limitada aos 270 km/h e o peso fica abaixo dos 1400 kg. No fundo, a Honda convida-nos a entrar no campo de futebol e a jogar na primeira liga, com a braçadeira de capitão.

Ao anunciar um VTEC Turbo para o Honda Civic Type-R a marca nipónica recebeu críticas de alguns aficionados, porque estavam a romper uma tradição selada a vapores de gasolina que tinha explodido a rotações estratosféricas. Aqui o redline surge às 7.000 rpm, com os 310 cv disponíveis às 6.500 rpm. O binário está completamente disponível às 2.500 rpm e há 400 Nm para satisfação dos sentidos.

RUMORES: O Honda Civic Type-R Coupé poderá ser assim

Passando para o interior ficamos imediatamente com a sensação de que estamos ao volante de algo especial, com bancos, volante e caixa exclusivos. As bacquets vermelhas tipo camurça envolvem-nos e ao volante basta-lhe um pequeno ajuste para que fique perfeitamente alinhado para uma condução determinada. É um desportivo, confirma-se! Junto à perna direita e mesmo “à mão de semear” está uma caixa de 6 velocidades manual, com um curso de 40 mm (o mesmo que o NSX-R de 2002). Do lado esquerdo do volante está o botão +R, já lá vamos.

Honda Civic Type-RPhoto: James Lipman / jameslipman.com

Para além deste interior focado no condutor, lá fora e nos detalhes tudo foi pensado ao pormenor para que não houvesse dúvidas de que este Honda Civic Type-R é um carro diferente dos demais, que o digam a gigante asa traseira, as quatro saídas de escape ou as saias laterais. A tampa das válvulas em cor vermelha e o colector de admissão em alumínio vieram diretamente dos Honda Civic do campeonato WTCC.

Novo motor 2.0 VTEC Turbo
Este motor faz parte da nova série de tecnologias Earth Dreams, com um turbocompressor a incorporar agora o sistema VTEC (Variable Timing and Lift Electronic Control) e a tecnologia VTC (Dual –Variable Timing Control). O primeiro é um sistema de controlo electrónico de comando e abertura das válvulas e a segunda é um sistema de comando variável da distribuição, que permite o aumento da resposta do motor a baixa rotação.

O Honda Civic Type-R recebeu um diferencial de escorregamento limitado helicoidal (LSD), permitindo melhorias significativas da tração em curva. A título de exemplo, a presença deste diferencial retira 3 segundos no tempo por volta ao Circuito de Nürburgring-Nordschleife, onde o Honda Civic Type-R fixou um tempo por volta de 7 minutos e 50,53 segundos.

Desenhado a pensar na eficácia

Fomos muitos os testes conduzidos pela equipa da Honda durante o desenvolvimento do Honda Civic Type-R. Entre eles o teste em túnel de vento da Honda Racing Development em Sakura, no Japão, onde fica a sede do programa de desenvolvimento do motor de Fórmula 1 da Honda.

124 - 2015 CIVIC TYPE R REAR 3_4 DYN

Com uma parte inferior praticamente plana, a passagem de ar por baixo do veículo faz-se facilmente e combinando esta característica com o difusor traseiro, é possível optimizar ao máximo a sustentação aerodinâmica. O Honda Civic Type-R promete ficar agarrado à estrada.

À frente encontramos um pára-choques especialmente concebido para melhorar a estabilidade a alta velocidade, capaz de reduzir a turbulência à volta das rodas dianteiras. Atrás temos um spoiler determinado a marcar posição, mas apenas o suficiente para, segundo os engenheiros da Honda, não contribuir para o aumento do arrastamento a alta velocidade. Nas bordas traseiras das cavas das rodas estão umas bem visíveis entradas de ar, destinadas a arrefecer os travões.

017 - 2015 CIVIC TYPE R FRONT DYN

Os LED dianteiros não são uma novidade e já os podemos encontrar no Honda Civic convencional, já as jantes calçam pneus desenvolvidos especificamente pela Continental para este modelo (235/35). Na palete de cores há cinco cores disponíveis: Vermelho Milano, Preto Crystal (480€), Metal Polido (480€), Azul Brilhante Sporty (480€) e o tradicional Branco Championship (1000€).

Ao centro do tablier está o i-MID, um ecrã multi-informações inteligente. Ali podemos obter várias informações: indicador de aceleração G e indicador da pressão dos travões/posição do pedal do acelerador, indicador da pressão do turbo-compressor, da temperatura da água e da pressão e temperatura do óleo, indicador de tempos por volta, indicador de tempos de aceleração (0-100 km/h ou 0-60 mph) e indicador de tempos de aceleração (0-100 m ou 0-1/4 de milha).

VEJAM TAMBÉM: Não se metam com um Honda Civic Type R em pista

No nosso campo de visão está o conta rotações, acompanhado no topo por luzes indicadoras da rotação que convergem em cores diferentes como na competição.

+R: a tecnologia ao serviço da performance

A suspensão do novo Honda Civic Type-R é um aliado da eficácia. A Honda desenvolveu um novo sistema de amortecedores variáveis às quatro rodas, que permite controlar independentemente cada roda e gere todas as alterações provocadas pela aceleração, desaceleração e velocidade em curva.

Accionado o botão +R o Honda Civic Type-R transforma-se numa máquina capaz de respostas ainda mais rápidas, para além de no painel de instrumentos se verificarem alterações visuais que nos recordam que estamos a conduzir um modelo com o “símbolo vermelho”.

Honda Civic Type-R Photo: James Lipman / jameslipman.com

A entrega de binário passa a ser mais rápida, a relação da direção fica mais curta e a assistência diminui. Com a ajuda do sistema de amortecedores adaptáveis, no modo +R o Honda Civic Type-R fica 30% mais rijo. Conduzir em cidade com este modo ligado é para corajosos, confiem em mim. O controlo de estabilidade fica menos intrusivo, contribuindo para um aumento da diversão ao volante.

Em pista o Honda Civic Type-R sente-se focado na performance, extremamente rápido e capaz de enfrentar com facilidade um circuito muito técnico como o Slovakia Ring. Os travões são incansáveis e a capacidade de curvar a alta velocidade também impressionou pela positiva. O novo motor 2.0 VTEC Turbo é muito progressivo e capaz, em estrada deixa-se conduzir facilmente e está sempre disponível. O consumo combinado anunciado é de 7,3 l/100 km.

A NÃO PERDER: Se o tempo do Honda Civic Type-R em Nürburgring for batido, a Honda constrói versão mais radical

O novo Honda Civic Type-R chega ao mercado português em Setembro com preços a começar nos 39.400 euros. Se procuram uma versão full-extras com ainda mais apontamentos visuais, podem optar pela versão GT (41.900 euros).

Na versão GT encontramos um sistema de navegação integrado Garmin, sistema de som premium com 320W, ar condicionado automático e iluminação ambiente interior vermelha. A Honda disponibiliza ainda uma panóplia de sistemas avançados de assistência à condução: Avisador de Colisão à Frente, Avisador de Saída da Faixa de Rodagem, Sistema de Suporte dos Máximos, Informação de Ângulo Morto, Monitor de Trânsito Lateral, Sistema de Reconhecimento de Sinalização de Trânsito.

Vamos aguardar por um teste completo ao novo Honda Civic Type-R para retirarmos mais conclusões, até lá fiquem com as nossas primeiras impressões e uma galeria completa.

Imagens: Honda

Não deixe de nos seguir no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Testes