WTCC

Sabine Schmitz faz história ao pontuar no WTCC

Sabine Schmitz aproveitou da melhor forma a passagem do WTCC por Nürburgring Nordschleife para tornar-se na primeira mulher a pontuar neste disputado campeonato.

Depois de se ter tornado na primeira mulher a vencer uma grande prova de 24 horas em 1996 (repetindo a façanha em 1997 e 2006), e de ter pilotado um Porsche 997 no Nürburgring VLN Endurance Racing de 2008, sendo apenas batida apenas pelos Porsche das equipas oficiais de fábrica, Sabine Schmitz fez hoje história no WTCC ao tornar-se na primeira mulher a pontuar nesta competição, aproveitando da melhor forma a corrida em Nordschleife, uma pista que conhece como poucos.

Sabine Schimtz surgiu em Nordschleife aos comandos de um Chevrolet Cruze da Münnich Motorspot (imagem em baixo), e terminou no derradeiro lugar pontuável (10º). Um feito que ganha contornos de lenda ao sabermos que foi a sua estreia absoluta no WTCC e aos comandos Chevrolet Cruze, participando como wildcar – estatuto destinado a pilotos que fazem participações esporádicas no campeonato.

A NÃO PERDER: Sabine Schmitz «humilha» vários pilotos em Nürburgring

sabine wtcc

Não é à toa que Sabin Schmitz é apelidada de Rainha de Nürburgring. Estima-se que Sabine Schmitz já terá percorrido Nordschleife mais de 30.000 vezes, cerca de 1.200 voltas por ano.

Um dia, ‘envergonhou’ inclusivamente Jeremy Clarkson. Depois do ex-apresentador do Top Gear ter demorado 9m59s a cumprir uma volta ao circuito alemão ao volante de um Jaguar S-Type diesel, Sabine Schmitz disse-lhe: “digo-te uma coisa, fazia isso numa Ford Transit…”. Não fez mas quase, ‘falhou’ a aposta por apenas 8 segundos.

Mais artigos em Notícias