Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Design

Retro-futurismo: design automóvel sem rodas

Recuando até aos longínquos anos 60 e 70, uma das visões para o automóvel do futuro passava por automóveis que levitavam. Hoje chamam-lhe retro-futurismo.

Em conversa com vários designers da indústria automóvel, um dos desafios que mais vezes me apontaram, foi a dificuldade da integração das rodas no desenho geral do automóvel. Não é fácil. Segundo eles, quebra as linhas. As proporções, a distância entre os eixos, a altura ao solo e a distância à cava da roda influenciam (e muito…) o resultado final.

Infelizmente, a teoria que apontava que no séc. XXI os carros iriam levitar estava errada, para mal dos pecados dos designers. Do ponto de vista da engenharia a ideia falhou, mas enquanto exercício de estilo não deixa de ser um conceito interessante — anteriormente já explorado pela Citroën, na década de 60 com o DS, onde os seus níveis de conforto supremo, mais fazia parecer que o carro não estava em contacto com a estrada.

Poderão ser estas projeções uma realidade num cenário retro-futurista?

VÊ TAMBÉM: E se o sucessor do Punto fosse um novo Fiat 127?

Fiquem com a galeria:

RELACIONADO: Porsche rende-se à nova tendência e adere aos carros voadores

 

 

old-citroen-ds-is-a-space-ship-48861_1

Fonte: Designboom

Mais artigos em Notícias