Le Mans

Um Mazda 787B a gritar em Le Mans, por favor

Este vídeo do piloto Johnny Herbert, ao volante do Mazda 787B no 20º aniversário da sua vitória em Le Mans, é o que precisam para ganhar força para a semana.

Perguntámos a um leitor assíduo, em jeito de surpresa, o que é que ele queria ver publicado na Razão Automóvel este fim de semana. A resposta foi simples e direta: “Um Mazda 787B a gritar em Le Mans, por favor.”

O Mazda 787B é um verdadeiro ícone, foi o único modelo japonês da história a vencer as 24 Horas de Le Mans e fê-lo de forma impressionante. Um verdadeiro petrolhead não fica indiferente ao «cantar» único do seu Wankel R26B. Os quatro rotores debitavam uma potência máxima de 900 cv, mas era limitado a 700 cv para aguentar as corridas mais longas. A preparação para a corrida inaugural do Mazda 787B em Le Mans foi feita no Circuito de Silverstone e no Autódromo do Estoril, onde o Mazda 787B percorreu mais de 4700 km em testes.

Em 1991 Johnny Herbert, juntamente com Bertrand Gachot e Volker Weidler levaram o Mazda 787B ao lugar mais alto do pódio da 59ª edição das 24H de Le Mans. Mas Herbert, apesar de ter sido ele a levar o Mazda 787B até ao final da prova, não chegou a subir ao pódio para receber o merecido troféu. Quando terminou a corrida estava tão desidratado e mal nutrido que teve de ser assistido pelos paramédicos e levado para o centro médico do circuito.

Neste vídeo vemos o piloto Johnny Herbert, de regresso ao volante do Mazda 787B, a celebrar o  20º aniversário da sua vitória em Le Mans.

OPINIÃO: A modernidade não tem charme, pois não?

Mais artigos em Clássicos

Os mais vistos