Apresentação

Ariel Nomad: brinquedo para adultos

Se o Ariel Atom já tinha conquistado meio mundo, o que dizer do novo Ariel Nomad? Um bólide que repete em versão off-road as credencias dinâmicas do seu irmão de asfalto.

Com o Nomad, a Ariel promete revolucionar mais uma vez a industria automóvel no segmento «brinquedos para adultos». Depois do Atom, que anda entre nós há alguns anos a bater-se com superdesportivos de renome, surge agora o seu homologo para todo o terreno.

Embora partilhe a mesma plataforma do Atom, o Ariel Nomad conta com uma altura ao solo maior, uma suspensão com maior curso, paneis exteriores mais resistentes, interior lavável e um conjunto de opcionais que podem fazer do Nomad uma verdadeira máquina para o fora de estrada.

2015 Ariel Nomad

Tal como o Atom, o Nomad também será produzido na fábrica de Crewkerne, em Somerset, e será produzido num volume restrito. Segundo a Ariel os planos de construção ronda as 100 unidades/ano, com inicio já a partir da primavera de 2015.

Mecanicamente a estreita ligação da Ariel com a Honda permanece sólida. O Nomad virá equipado com o bloco Honda K24 i-VTEC de 2.4L e 238cv de potência. Quanto ao binário, os 300Nm chegam e sobra para carregar este peso-pluma.

Apesar de todos os reforços do Nomad face ao Atom, a performance não sofreu um beliscão. Os meros 670kg de peso do Nomad e uma caixa de 6 velocidade auxiliada por um diferencial autoblocante, continuam a proporcionar performances invejáveis, quer seja pelos 3,5s dos 0 aos 100km/h ou pelos 218km/h de velocidade máxima. Números que fazem alguns carros de rally do grupo N, corar de inveja.

Ariel Nomad

Para que o Nomad se agarre à terra com todas as suas forças, a Yokohama disponibiliza o conjunto de pneumáticos todo o terreno, Geolander em medida standart 235/75R15, com medidas que vão das 15 até às 18 polegadas, sendo que as jantes de magnésio estão apenas destinadas ao uso em estrada. A suspensão está a cargo dos excelentes amortecedores da Bilstein e o conjunto de molas será da Eibach.

No interior, continuamos com o mesmo ambiente espartano a que o Atom nos presenteou, o Nomad no entanto será o primeiro Ariel que se possa dizer “cabinado”, ou seja existe uma cobertura plástica possível de montar no Nomad e que nos permite estar mais resguardados dos elementos.

Tal como o Atom, o Nomad também será construído à mão, por um técnico da Ariel e assim que o Nomad passar nos testes, o mesmo recebe uma chapa identificativa ao estilo da AMG, com o nome do técnico responsável por essa unidade. E sim, o Nomad pode competir numa vasta panóplia de disciplinas, tais como o Rallycross e Autocross, na classe de duas rodas motrizes. Aliás essa é uma das ambições da Ariel, pois o Nomad foi testado em vários troços do WRC, como poderão ver no vídeo:

Mais artigos em Notícias