Mercedes-Benz Future Truck 2025

A Mercedes-Benz apresentou o Future Truck 2025, um estudo sobre o futuro dos camiões de transporte. Conectividade, segurança e eficiência, é o que a marca de Estugarda propõe para um futuro muito próximo.

Quer nas formas quer na tecnologia, o Future Truck 2025 serve de montra para aquilo que a Mercedes-Bens pretende alcançar daqui a sensivelmente 10 anos com os seus veículos pesados destinados ao transporte de mercadoria.

Comecemos pelo incontornável: a condução autónoma. Como não poderia deixar de ser, e como aliás já era previsível, também o departamento de veículos pesados da Mercedes-Benz está a apostar na condução autónoma. O Future Truck 2025 é o expoente máximo daquilo que a Daimler conseguiu alcançar até à data neste campo.

Apesar de ainda não prescindir de um condutor, este sistema de condução autónoma “Highway Pilot” já conta com detalhes bastante avançados, como é o caso do desvio para proporcionar uma passagem segura a um veículo em marcha de emergência. Ao entrar numa autoestrada, o Future Truck 2025 propõe automaticamente ao condutor a activação deste sistema.

No exterior, com o claro objectivo de aumentar a eficiência do camião, os designers da casa de Estugarda dotaram este Future Truck 2025 com linhas mais arredondadas, mais aerodinâmicas, que ajudam não só com os consumos mas também a enquadra-lo num ambiente mais futurista.

A iluminação fica a cargo de um -enorme!- conjunto de LEDs que substitui os típicos faróis. A coloração destes LEDs reflecte o modo de condução: branco para condução manual, azulado para condução autónoma. Ainda no exterior, no lugar dos retrovisores estão câmaras cuja imagem é exibida em dois ecrãs localizados em cada um dos lados da cabine.

As linhas sóbrias, e espaço digno de um salão são as principais características de um interior desenhado para proporcionar um ambiente calmo ao condutor. O extenso recurso à madeira e a outros materiais premium, mais facilmente recorda uma berlina do que um camião de carga.

Aqui não vão encontrar a complicação típica dos milhares – talvez não sejam assim tantos – de botões que geralmente preenchem as consolas e tabliers dos camiões. A simplicidade tomou conta do assunto, e o controlo da grande maioria das funções do Future Truck 2025 é feita através de ecrãs tácteis e um tablet.

Quanto ao muito importante banco de condutor, para além de ser previsivelmente muito confortável, ao entrar no modo de condução autónoma é possível afastá-lo da típica posição de condução e roda-lo 45º de modo a dar ainda mais espaço ao condutor para se puder dedicar a outras tarefas que não conduzir.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter