Novo Ford Focus com preços a partir de 19.540 euros

À venda a partir de Novembro, o novo Focus oferece uma nova gama de motores, incluindo os novos blocos de 1.5 litros a gasolina EcoBoost e diesel TDCi.

Através de uma recriação ao nível do design, a Ford criou um Focus mais sofisticado e avançado de modo a reflectir a linguagem global de design One Ford. Disponível em variantes de quatro portas, cinco portas e carrinha, e na nova cor exterior Deep Impact Blue, o novo Focus tem uma posição mais baixa, mais ampla, com um novo capot, secção dianteira e grelha. O capot é esculpido com uma forma dinâmica desde o pilar da frente até aos cantos superiores da grelha trapezoidal invertida.

Os faróis dianteiros mais esguios e cinzelados e as luzes de nevoeiro alongadas dão à secção frontal um visual mais ousado. Pequenos detalhes cromados adicionam elegância, enquanto a traseira também sofreu alterações, com uma nova composição em termos de design, em conjunto com a nova porta traseira e luzes mais finas.

“Tínhamos com objectivo dar mais emoção ao design do Focus, incorporando o nosso mais recente ‘visual Ford’,” disse Joel Piaskowski, Director de Design, Ford Europa. “O novo Focus está mais tonificado e mais atlético, com uma superfície mais refinada, algo que decididamente garante uma grande expectativa face à experiência de condução.”

Ao remodelar o interior do novo Focus, a Ford teve em conta o ‘feedbak’ dos clientes e respondeu com um ‘layout’ mais intuitivo, complementado por um volante e painel central com menos controlos e interruptores. A nova guarnição em preto acetinado e os detalhes cromados contribuem para um visual mais limpo e mais moderno.

NewFocus_17

“Respondemos a um claro desejo dos clientes em terem maior simplicidade dentro do modelo, criando uma conexão visual mais clara entre os componentes principais e reduzindo significativamente o número de botões no habitáculo,” referiu Piaskowski.

A gama do novo Focus irá continuar a oferecer uma variante de 99 g/km de CO2, do motor 1.0 EcoBoost de 100 cv a gasolina. Recorde-se que a actual versão tornou-se, no início deste ano, no primeiro modelo familiar não-híbrido a gasolina na Europa a alcançar um registo inferior aos 100 g/km de emissões de CO2.