Honda Civic ganha versão Sport e o Type-R deixa-se

O Honda Civic recebe um facelift, e além da maquilhagem retocada, ganha nova versão Sport. Mas o aparecimento de um novo concept do Type-R, agora mais próximo da versão final da produção, centra em si todo o protagonismo, com o divulgar de mais informações sobre o futuro modelo.

Um conjunto de alterações modestas é o que podemos encontrar no novo Civic. E começando pelo que mais se destaca, o Honda Civic ganhou novos pára choques dianteiros e traseiros, com as óticas dianteiras a integrar as luzes diurnas. A Civic Tourer também vê-se actualizada, mas o pára choques traseiro mantém-se inalterado relativamente ao que já conhecemos.

No interior podemos encontrar bancos com novos tecidos e novos revestimentos nas portas, com os manípulos destas a serem cromados. O painel de controlo no tablier também ganha um acabamento em preto metálico.

Honda_Civic_Sport_1

A novidade maior acaba por ser o acrescentar de uma versão Sport ao Civic hatchback (5p). Disponível com o 1.8 de 4 cilindros a gasolina e 142cv, assim como o 1.6 de 4 cilindros a diesel de 120cv, o novo Civic Sport destaca-se pela presença de pára choques apimentado, um spoiler traseiro da cor da carroçaria e jantes de desenho exclusivo em liga leve de 17″. As alterações visuais pretendem fazer a ligação entre o Sport do futuro Type-R.

Civic Type-R que também se deixa ver novamente, ainda não na versão final de produção, mas como concept, apesar de tudo indicar que a versão final não deverá divergir muito das imagens que podemos observar.

Com este novo concept a Honda libertou mais algumas informações sobre este ansiado modelo. Como já tinha sido anunciado, a Honda seguirá a tendência sobrealimentada de toda a concorrência, pelo que encontraremos por baixo do capot, um inédito 2 litros de 4 cilindros turbo com mais de 280cv (ainda não estão disponíveis as especificações finais). Apesar dos típicos explosivos médios regimes destes motores, a Honda anuncia umas relativamente altas 7000rpm como limite, um valor bem mais alto que a generalidade dos motores usados na concorrência, apesar de longe dos motores que fizeram história na Honda.

Honda_Civic_TypeR_1

Os receios dos fãs dos Type-R, pelo abandono dos motores naturalmente aspirados, são atenuados por Suehiro Hasshi, o líder do projecto do Civic Type-R: “A Honda teve 4 derivações de modelos Type-R – o Civic, Integra, Accord e NSX. O motor no novo Type-R não encontra rival em relação a estes todos no que toca a potência bruta, binário e resposta de motor.” Declarações fortes que, esperemos, encontrem paralelo quando conhecermos a versão de produção em 2015.

Nem só de motor vive um automóvel com forte componente desportiva. O Civic Type-R contemplará uma série de desenvolvimentos a nivel de chassis e eletrónica. Ao nível da dinâmica, encontraremos uma suspensão activa, denominada Adaptive Damper System, que ajusta automaticamente a força de amortecimento tanto na frente como na traseira, dependendo das condições de condução. Será estreado igualmente um modo “+R”, accionado através de um botão no volante, que afectará a resposta do motor, a distribuição de binário, a direcção e suspensão.

Honda_Civic_TypeR_3

E para passar eficazmente toda a potência ao solo, o Civic Type-R acrescentará um novo eixo de direcção, com dois apoios extra. O objectivo será o de minimizar o torque-steer, característica que costuma afectar automóveis de tracção à frente com níveis de potência elevados. No que toca à transmissão dos equídeos ao asfalto, estará a cargo de uma caixa de 6 velocidades, mas manual. Se mantiver o tacto referencial das transmissões de outros Honda desportivos, é sem dúvida uma boa notícia a manutenção desta espécie em vias de extinção.

Se todo este hardware permitirá ao futuro Type-R bater o Renault Megane RS 275 Trophy-R no circuito de Nurburgring, esperamos para ver. A Honda já anunciou que quer esse recorde, mas a tarefa não será fácil, com o recorde a estar abaixo dos 8 minutos, com um tempo de 7 minutos 54 segundos e 3 décimos. E não nos esqueçamos do Seat Leon Cupra 280 R, que foi o primeiro tracção à frente a baixar da barreira dos 8 minutos, pretende recuperá-lo, já tenho colocado a hipótese de lançar versão mais extremista do seu hot-hatch.

A Honda tem testado abundantemente o futuro Civic Type-R no circuito alemão, mas ainda temos de esperar mais um ano para averiguar os resultados de tal esforço. E tal foco nos dará um hot-hatch referencial na estrada, ou será apenas um brinquedo para circuito?

Os mais vistos