Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

O novo Volkswagen Touareg: uma intervenção cirurgica

O novo Volkswagen Touareg foi até à «sala de operações» tratar os efeitos do tempo. Nada de mais, apenas tirar uma ruga aqui e ali para enfrentar mais uns anos no ativo em pleno. Chegará ao mercado ainda este ano.

A segunda geração do Volkswagen Touareg acaba de receber um facelift. Pela frente, o SUV da Volkswagen que partilha a plataforma com o Porsche Cayenne, terá mais alguns anos de serviço. Para enfrentar os anos que tem pela frente, os argumentos interiores, exteriores e tecnológicos foram amplamente renovados.

Quanto aos argumentos tecnológicos, o grande destaque vai para o novo serviço multimédia de última geração que dispõem de mapas Google Earth com Google StreetView e ainda informação sobre tráfego em tempo real. Em termos de motorizações estarão disponíveis os blocos diesel (V6 e V8 TDI), o bloco a gasolina (V6 TSI) e um hibrido (V6 TSI + motor elétrico).

2016 VW Touareg (7)

Por fora contará com uma nova dianteira de acordo com a atual linguagem estilística da marca: faróis bi-xénon ligeiramente revistos (agora maiores e de série) e grelha frontal de grandes dimensões. Na traseira a revisão foi mais ténue, notando-se particularmente na integração das saídas de escape. De perfil, uma nova linha cromada dá um aspecto mais distinto ao SUV, atribuindo um aspeto mais premium a todo o conjunto.

Já no interior, o foco vai para a iluminação, que passa do vermelho para o branco em todos os controlos. Interior este que também ganha detalhes cromados. Os assentos (que também são novos) estão disponíveis numa maior gama de cores e tipos de couro, assim como uma gama de frisos revista.

2016 VW Touareg (2)

Está renovado, sem papos nos olhos e com um fato de gala. Serão estes novos argumentos suficientes para triunfar num segmento tão competitivo? A Volkswagen acha que sim. Vejam a nossa galeria e tirem as vossas próprias conclusões:

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias