Leilão

Ford GT40 junta-se aos irmãos no Museu Larry Miller

Não é todos os dias que vão a leilão automóveis que fazem parte integrante da história do desporto motorizado.

Mais raro ainda, é um pequeno museu conseguir rivalizar com os grandes licitadores pela compra destes carros. O Museu Larry Miller conseguiu, acrescentando assim mais um Ford GT40 à sua coleção.

O Museu Larry Miller no Utah, pode agora orgulhar-se de ser  proprietário de mais uma incrível e raríssima unidade do mítico Ford GT40. Tudo aconteceu quando a Mecum Auctions levou a leilão uma unidade do Ford GT40 de 1964 (nas fotos), com o chassis P-104.

O valor de licitação atingiu uns impressionantes 7 milhões de dólares. Felizmente, nem o preço estratosférico  impediu que este raríssimo GT40 se pudesse juntar à já vasta família de cinco Ford GT40 dos quais o museu Larry Miller é proprietário.

Ford GT40

Greg Miller, filho de Larry H. Miller – fundador do museu com o nome da família – explica que o seu pai sempre foi um entusiasta dos Shelby Cobra e dos Ford GT40. Sabendo o seu entusiasmo desmedido era partilhado pelo público em geral, decidiu criar o Museu Larry Miller, com uma coleção soberba de exemplares Ford.

O historial deste Ford GT40 P-104 é extenso. Vários pilotos correram com ele, entre os quais o incontornável Phil Hill, um dos responsáveis pelas inúmeras vitórias da Ford e do GT40 na competição.

Ford GT40

No palmarés, este Ford GT40 P-104 conta com participações na Daytona Continental de 1965, nas 24H de Daytona e ainda «passeou» em Nürburgring. Os melhoramentos introduzidos por Carol Shelby nos chassis P-103 e P-104, tornaram possível a conquista do título de tetracampeão em Le Mans nos anos de 1966 a 1969.

Mas tal como referimos, o Museu Larry Miller possui mais exemplares históricos do Ford GT40. Entre eles, um P-103 que se encontra em trabalhos de restauro; um GT40 Mk II, com o chassis P-105 que é o carro da controversa dobradinha de 1966 em Le Mans; um GT40 Mk IV J-4 vencedor das 24H de Sebring com o patrocínio da Gulf Oil; e ainda um GT40 Mk III de estrada, um modelo com apenas seis unidades produzidas.

Entre outras, uma das grandes virtudes desta coleção da família Miller, prende-se com a particularidade de a entrada ser gratuita. Podendo os visitantes contemplar algumas das máquinas que mais história fizeram no desporto motorizado sem qualquer custo.

Fiquem com um vídeo da época, onde o segundo Ford GT40 mais velho que existe atualmente, nos brinda com o esplendor da sua performance.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos