Volkswagen Golf GTE: O novo membro da família GT

A família de desportivos da marca alemã conhece um novo membro, o Volkswagen Golf GTE, com estreia marcada para o Salão de Genebra.

A Volkswagen divulgou esta semana as primeiras imagens do seu novo «eco-desportivo», o Volkswagen Golf GTE. Um modelo que se junta às versões GTD e GTI, para encerrar esta «trilogia». A confirmação do lançamento, já tinha sido avançada por nós aqui.

Enquanto estes dois últimos recorrem a uma motorização a diesel e a gasolina, respectivamente, o Volkswagen Golf GTE recorre a uma solução híbrida para oferecer prestações dignas da família GT. Esta versão recorre assim a um motor 1.4 TFSI com 150 cv do Grupo VW,  e a um motor elétrico de 102 cv.

Quando estes dois motores trabalham em conjunto, o Volkswagen Golf GTE consegue uma potência combinada de 204 cv e 350 Nm de binário. Valores suficientes para que o GTE acelere até aos 100 km/h em apenas 7,6 segundos e alcance uma velocidade máxima de 217 km/h.

Usando exclusivamente o modo eléctrico, o GTE apresenta consumos homologados de apenas 1,5 l/100 km e emissões de CO2 de 35 g/km, sendo capaz de percorrer 50 km em modo totalmente elétrico (disponível até aos 130 km/h), o que se traduz numa autonomia total anunciada de 939 km. 

No interior e no exterior, as diferenças para os seus irmãos são apenas de detalhe. Esperando-se credenciais dinâmicas muito próximas do GTD e GTI, pese embora o peso adicional das baterias. A produção do GTE arrancará durante já este verão, enquanto a sua apresentação está agendada o próximo mês de Março, no Salão de Genebra.

Os mais vistos