Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Ferrari 250 Testa Rossa: o carro mais caro do Reino Unido!

Veículos clássicos de eleição a baterem preços de licitação? Normal. Mas se a marca envolvida for a Ferrari, então estamos perante um potencial recorde! Descubram por quanto foi vendido no Reino Unido, um Ferrari Testa Rossa de 1957.

O Ferrari 250TR de 1957, mais conhecido por Testa Rossa – devido às coberturas das válvulas estarem pintadas a vermelho – tornou-se no carro mais caro vendido em solo Inglês, pela apoteótica quantia de 29 milhões de euros – e mais uns trocados. O carro foi vendido por Tom Hartley Jr., num stand localizado em Derbyshire.

Para quem não conhece o modelo, o Testa Rossa é dos modelos mais bem cotados da casa italiana. Mas este têm um simbolismo especial: foi o segundo protótipo do Ferrari 250 TR a ser construído. O primeiro trata-se do um Testa Rossa, exatamente igual a este, mas com o nº18 e com um chassis 0666TR. Este que agora foi vendido, ostenta o n°38 e tem o chassis 0704TR. Mas se esta sucessão de números de chassi não vos diz nada, passamos a explicar.

Ferrari_57_250tr

O chassis 0666TR com o n°18, foi uma mula de testes, equipado com diversos motores e carroçarias e que ficará na história de Le Mans por se ter envolvido num acidente trágico com o Jaguar D Type, pilotado por J.M.Brousseler, piloto que acabaria por falecer. Butch Dennison foi o responsável pelo restauro dessa máquina, que ao contrário deste Testa Rossa com o n°38, conta com uma história imaculada de tragédias, e como «bónus» tem ainda um palmarés digno de nota em Le Mans e nas 12H de Sebring, com o piloto lendário Phill Hill, o que faz deste carro uma autêntica jóia do mundo do desporto motorizado.

Facto enaltecido pelo expert da Ferrari, Marcel Massini, que afirma que este Testa Rossa é um dos 5 melhores Ferrari’s do planeta.

Ferrari_57_250tr4

O recorde anterior, de carro mais caro de sempre no Reino Unido estava fixado nuns não menos expressivos 27,15 milhões de euros – curiosamente também despendidos num modelo Ferrari: um 250 GTO. Corria o ano de 2012.

A identidade do novo e feliz proprietário deste diamante sob forma de Ferrari Testa Rossa de 1957 – e que tem precisamente com 57 anos – não foi revelada. É natural, depois de despender 29 milhões de euros, a última coisa que certamente deseja é anunciá-lo ao mundo.

A nível mecânico este Ferrari 250 Testa Rossa, está equipado com uma das mecânicas mais desejadas, o motor “type 125” desenvolvido por Gioacchino Colombo: um bloco de 3L V12 e 300 cavalos, capaz de atingir os 259km/h e cumprir os 0 aos 100km/h em 6s.

Ferrari_57_250tr3

Deixamos-vos com o vídeo que mostra toda a silhueta “sexy” deste Ferrari Testa Rossa, acompanhada por aquela banda sonora que só um V12 sabe tocar:

Mais artigos em Clássicos