Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

XchangE: condução autónoma vista pela Rinspeed

É algo que aterroriza o mais convicto fã das quatro rodas, mas a condução autónoma está a ser aperfeiçoada e embora não esteja já ao virar da esquina, está próxima.

A Rinspeed, uma empresa suíça com 35 anos de história em design automóvel vai apresentar já no próximo ano o XchangE, um protótipo desenhado com a condução autónoma em vista.

Para desenhar o Xchange a Rinspeed teve que pensar “fora da caixa”, como aliás já é tradição da casa. Uma das questões a ter em conta quando se projecta o interior de um carro que se conduz automaticamente é que não há um condutor, não há aquele canto em que está garantidamente alguém. Assim sendo, as possibilidades são muitas.

Os bancos frontais poderão ser voltados para trás, tornando assim possível um layout semelhante a uma sala de estar, em que se pode ter uma agradável conversa com ou outros passageiros, ou quem sabe, uma partida de Monopólio. Para o workaholic mais apressado, a Rinspeed certamente irá oferecer novas formas de trabalhar enquanto se desloca do ponto A para o ponto B.

Outro elemento a ter em conta será o volante, que perde assim a sua “centralidade” no âmbito do design e passa a ser um elemento móvel, que os utilizadores do XchangE poderão deslocar de um lado para o outro do tablier de forma a adaptar o espaço às suas necessidades. A tecnologia “steer-by-wire” elimina a necessidade de uma ligação mecânica entre o volante e a direcção.

O XchangE estará a ser desenvolvido para ter a capacidade se conduzir autonomamente até velocidades de 120 km/h. Tem apresentação marcada para o ano de 2014, no Salão Internacional de Genebra que decorre entre os dias 6 e 16 de Março.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter