Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Ferrari 458 Speciale: primeiro ano de produção esgotado

Há quem tenha a oportunidade de adquirir uma das mais cobiçadas máquinas automóveis da actualidade, desta vez trata-se do Ferrari 458 Speciale, uma versão mais leve e mais potente do modelo 458 Itália que vê o seu primeiro ano de produção esgotado.

São muitos os factores que contribuem para o enorme sucesso do Ferrari 458 Speciale. Apresentado ao público na última edição do Salão de Frankfurt, o Ferrari 458 Speciale foi divulgado como sendo uma versão “infectada” pela doença das pistas, fazendo relembrar a alguns os antigos 430 Scuderia e 360 Challenge Stradale. E tal como os seus antepassados, não faltou nada ao Ferrari 458 Speciale, desde a “típica” redução do peso total até ás belas “pinturas de guerra” no exterior.

Ferrari-458-Speciale

O Ferrari 458 Speciale utiliza uma versão modificada do motor V8 4.5 do modelo que lhe serve de base, sendo capaz de debitar 605 CV ás 9000 rpm e 540 CV ás 6000 rpm, uma diferença ainda considerável face aos 570 CV do 458 Itália. O Ferrari 458 Speciale é ainda capaz de cumprir o habitual sprint dos 0 aos 100 km/h em apenas 3 segundos. Segundo a fabricante italiana, o Ferrari 458 Speciale consegue cumprir o Circuito de Fiorano em 1:23:5 segundos, 1,5 segundos mais rápido que o 458 Itália e apenas 5 segundos mais lento que o F12 Berlinetta (V12 6.3 de 740 CV).

Tão importante quanto o motor, a leveza é claramente um dos factores que mais contribui para o sucesso do Ferrari 458 Speciale nas pistas. Com um peso total de 1290 kg, é 90 kg mais leve que o modelo que lhe serve de base. Desde a remoção de alguns elementos aerodinâmicos até à utilização de materiais mais leves, tanto no exterior como no interior, tudo contribuiu para a redução do peso final do Ferrari 458 Speciale.

Interior do Ferrari 458 Speciale

Com um preço em Portugal a rondar os 280 mil euros, não só os felizardos proprietários poderão deitar as mãos a um dos melhores desportivos da Ferrari dos últimos tempos, como também terão a oportunidade de “esticar” o V8 naturalmente aspirado mais potente de sempre da Ferrari.

Mais artigos em Notícias