Novo Honda Civic Type R: Uma «bomba»… agora com turbo!

A Honda apresentou esta semana o protótipo de testes da próxima geração do Honda Civic Type R. O modelo que mais tem dividido opiniões aqui no Razão Automóvel.

A Honda continua a jornada de preparação do seu novo Honda Civic Type R. Que é como quem diz, continua a testar o modelo numa das suas várias propriedades, neste caso no circuito de Tochigi. A revelação foi feita esta semana, a poucos dias do Salão Automóvel de Tóquio, certame que terá lugar entre 23 de Novembro e 1 de Dezembro, e que foi o palco escolhido pela marca nipónica para a apresentação oficial do novo modelo.

O novo Type R em mais uma sessão de treinos no exigente «inferno verde»
O novo Type R em mais uma sessão de treinos no exigente «inferno verde»

Um modelo que alias, tem divido muito as opiniões dos nossos editores – a minha principalmente. Se no início questionava o sucesso desta futura geração, com o tempo e claro, com a divulgação de algumas especificações, as mesmas foram-se dissipando.

Para já existe ainda pouca informação relativamente ao novo Honda Civic Type R, mas o pouco que se sabe é animador. Sabe-se que o novo desportivo da marca nipónica virá equipado com a nova geração do motor 2.0 VTEC da marca que já foi desenvolvido para acomodar um turbo – diferença inédita na gama que fez história pelos seus motores atmosféricos… – com pelo menos 280cv. Sim 280cv… parece que é «só» esta potência que Honda precisa para com que o novo Type R bata um objectivo que estabeleceram para si mesmos: fazer deste modelo o tração dianteira mais rápido do circuito Nürburgring. O atual detentor do recorde é o Renault Mégane RS 265 Trophy, com 8m07.97s.

“Passámos uma semana em Nürburgring a realizar testes exaustivos. Estamos no caminho certo e já estamos muito próximos do recorde” do Renaul Mégane 265 Trophy, disse Manabu Nishimae, um dos responsáveis da Honda Europa.

Também Gabriele Tarquini, piloto Honda de WTCC e colega do piloto português Tiago Monteiro, tem ajudado no «setup» e no limar de arestas do novo Civic Type R, não poupando nos elogios à equipa responsável por esta versão cheia de agressividade: “este carro é muito semelhante ao meu carro de competição e pode sentir-se muito bem o verdadeiro ADN de um Type R”. “O carro e as suas características são fantásticas. Fiquei impressionado pela potência e pelo binário do motor, mas em geral por todo o conjunto”, frisou. Palavras que no entanto, sem questionar a idoneidade de Tarquini, valem o que valem sendo ele piloto oficial da marca.

Com um peso estimado abaixo dos 1.200 kg, mal podemos esperar pelo lançamento deste «mid-rocket» japonês. Ainda que de início -como já referi, tenha esperado o pior. Vai ser bom estar enganado… espero!

Mais artigos em Notícias