Mercedes vai começar a produzir motores na China

A Mercedes-Benz vai abrir uma fábrica de motores em Pequim, China. Um marco histórico para a marca da Estugarda, que pela primeira vez na sua história vai fabricar motores fora da Alemanha.

A Beijing Automotive Group, parceira da Mercedes na China, será a entidade responsável pela operacionalização da fábrica em território chinês. Numa 1ª fase a fábrica terá uma capacidade de produção anual de 250.000 motores, mas estima-se que em pouco tempo a sua produção aumente substancialmente.

Este investimento, avaliado em 400 milhões de euros, segundo a marca “demonstra o nosso compromisso em servir os nossos clientes chineses ainda melhor, com a mais recente tecnologia produzida localmente e a nossa confiança num futuro próspero neste mercado”.

Para aqueles que temem um retrocesso nos parâmetros de qualidade da marca, a Mercedes já afirmou que irá produzir os seus motores, com os mesmos padrões de qualidade e processos de produção seguidos na Europa. “Passamos a fabricar o coração dos nossos veículos Mercedes-Benz também aqui em Beijing, reforçando nossa estratégia de produção local firme e integrada. A produção segue nossos padrões globalmente reconhecidos de qualidade e processos, fortalecendo ainda mais a presença global da Mercedes-Benz Automóveis”, explica Frank Deiss, presidente e CEO da Joint-venture.

Os motores produzidos localmente irão equipar os modelos comercializados naquele mercado, incluindo o Classe C, o Classe-E e o Classe-GLK.

Mais artigos em Notícias