Bugatti Veyron ganha nova versão “Les Légendes de Bugatti”: Meo Constantini

A Bugatti apresentou a sua terceira versão comemorativa “Les Légendes de Bugatti”. Esta nova versão pretende homenagear Meo Constantini, um dos responsáveis pelo enorme sucesso da fabricante francesa no desporto motorizado durante a década de 1920.

Depois de a Bugatti ter apresentado duas das seis versões comemorativas da série “Les Légendes de Bugatti” – Jean Bugatti e Jean-Pierre Wimille – a fabricante de origem francesa volta assim a apresentar desta vez a sua terceira versão comemorativa, com a designação de Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse Meo Constantini.

Esta terceira versão da série especial “Les Légendes de Bugatti” tem como objectivo homenagear aquele que foi um dos principais responsáveis, se não mesmo o principal, pelo grande sucesso da marca no desporto automóvel entre 1925 e 1926, com a conquista de duas vitórias consecutivas na mítica Targa Florio com o Bugatti Type 35 – um dos automóveis com mais sucesso no desporto motorizado de todos os tempos.

Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse Meo Constantini

Tal como nas restantes versões comemorativas da série “Les Légendes de Bugatti”, nesta versão Meo Constantini não poderiam faltar indícios, tanto exteriores como interiores, alusivos a esta lendária personagem da história da Bugatti. Ao nível do exterior destacam-se vários elementos desde a pintura da carroçaria no mesmo French Racing Blue que pintava o “vitorioso” Bugatti Type 35 até ao traçado da Targa Florio na parte inferior da asa traseira.

Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse Meo Constantini

No interior, destacam-se as imagens gravadas a laser, alusivas à época de sucesso da marca. Os assentos recebem a assinatura de Meo Constantini, rodeada por pele em tom castanho e negro que adorna a maioria do habitáculo.

Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse Meo Constantini

Em termos de motorização, esta versão comemorativa Meo Constantini vem com o mesmo motor W16 8.0 de 1 200 cv e 1500 Nm que equipa a versão Grand Sport Vitesse. Este belo “monstro” permite que os seus proprietários consigam, diga-se, de “cabelos ao vento” se o bem desejarem, os 0-100 km/h em apenas 2.6 segundos e uma velocidade máxima de 408 km/h.

O Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse Meo Constantini vem com um “habitual” preço de 2.09 milhões de euros e é limitado a apenas três exemplares.

Fonte: WorldCarFans

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter