Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Callaway Corvette AeroWagon: Ferrari FF ganha novo rival por encomenda

Depois dos sucessivos “renderings” que andaram aí pela web, acerca de um projecto para o Corvette, desde versões esticadas passando por reboques “de estilo manhoso”, a Callaway decidiu aproveitar a ideia e dar-lhe o seu cunho pessoal.

Antigamente marcas como Aston Martin ou Jaguar eram as únicas a pegar no conceito da Shooting Break e a aplicá-lo nos seus modelos, mesmo os de carácter mais desportivo como alguns coupés, mas havia uma finalidade por detrás do conceito, os senhores de famílias nobres queriam ter nos seus carros desportivos, a capacidade de bagagem de algumas berlinas para poderem carregar o seu equipamento de caça. Hoje em dia o conceito das Shooting Breaks já tem tanto de banal como de refinado, e se uma Mercedes CLS SB resulta num carro bonito e funcional, outros há em que ficamos na dúvida se era mesmo necessário recorrer a tal estudo de design.

Mas os tempos mudam e os paradigmas também. Os grandes construtores, parecem estar mais voltados para pegar de novo em carros desportivos e aplicar-lhes o conceito de Shooting Break, a Ferrari é o exemplo mais recente com o seu modelo FF, mas será que os conceitos que resultaram bem funcionam para todos os outros?

Callaway-Cars-AeroWagon-concept-profile

A Callaway decidiu meter mãos à obra e a partir de agora já aceita encomendas para o seu novo projeto, o Callaway Corvette AeroWagon, uma versão mais estilizada do atual Corvette Stingray, que resulta em linhas fluídas com a restante carroçaria.
Não se espantem já, mas os preços para esta transformação começam nos 15 mil dólares e a produção só se inicia no princípio de 2014.

Para os proprietários de Corvettes Stingray, a Callaway propõe a adição de um kit de carroçaria em fibra de carbono que vem sem pintura. Para uma pintura a condizer com a restante carroçaria, a Callaway obriga a dispensar 1500 dólares extra. E assim temos o Corvette Stingray, transformado num Callaway Corvette AeroWagon.

Ainda não se conhecem quais as dimensões extra que o interior ganha e nomeadamente o quão grande será o compartimento de carga deste Callaway Corvette AeroWagon, mas uma coisa é certa, este é mais um daqueles trabalhos de customização que se fazem pagar e que deixa a questão no ar: será que valerá a pena tantos dólares empregues num C7 para termos um produto com um conceito igual ao do Ferrari FF? A avaliar pelo material, o extra em fibra de carbono, mais a mão de obra com pintura por um total de 16500 dólares, não parece ter má relação preço/material mas será que irá atrair fãs do conceito aplicado ao Corvette Stingray?

2014-Chevrolet-Corvette-Stingray-Aerowagon

Mais artigos em Notícias