Novo Opel Insignia e Insignia Sport Tourer

A Opel prepara-se para um ofensiva, reforçada com armas de peso para ombrear com as principais referências no segmento D. Conheçam o novo Opel Insignia.

Ao revisto e melhorado Insignia, nas versões berlina e Sport Tourer, junta-se agora o mais recente membro da familia Opel, o Insignia Country Tourer.

Ainda bem quentinho, acabado de saír da 65.º edição do Salão Automóvel de Frankfurt há poucas semanas, o topo de gama da Opel apresenta-se ao mundo de cara lavada e repleto de novidades tecnologias, com um design mais agressivo e atraente sempre aliado à precisão alemã.

As novidades vão muito além do facelift. No que às motorizações diz respeito estarão disponíveis novos motores de injeção direta, mais potentes e eficientes, dos quais se destaca o novo turbodiesel 2.0 CDTI e também o novíssimo 1.6 Turbo da família de motores a gasolina SIDI, que vêm alargar a gama de motorizações disponíveis.

Novo Opel Insignia e Insignia Sport Tourer (11)

Nesta revisão ao modelo, o Opel Insignia evoluiu ao nível de chassis, com o objetivo de melhorar o conforto a bordo. Já no habitáculo encontramos um novo painel de instrumentos com sistema de infotainment integrado, que permite o acesso a várias funções dos smartphones e pode ser comandado de forma simples e intuitiva através de um touchpad (ecrã tátil), através do volante multifunções ou através dos comandos de voz.

A evolução do habitáculo foi inspirada em 3 tópicos: utilização simples e intuitiva, personalização do sistema de informação e entretenimento.

A partir do ecrã inicial o condutor acede a todas as funções como estações de rádio, músicas ou sistema de navegação 3D, tudo isto através de algumas teclas, ecrã tátil ou recorrendo ao novo touchpad. O touchpad está ergonomicamente integrado na consola central e à semelhança ao touchpad da Audi, este permite inserir letras e palavras, por exemplo, para procurar o título de uma musica ou inserir uma morada no sistema de navegação.

O novo Insignia já vendeu mais de 600.000 unidades e promete continuar a dar luta num segmento que promete ficar cada vez mais renhido. O modelo de topo marca alemã foi desde sempre elogiado pelo conforto e pelo seu comportamento dinâmico, agora revisto, a expectativa é que ascenda a um patamar superior.

Novo Opel Insignia e Insignia Sport Tourer (10)

Voltado aos motores, a nova gama de motorizações está mais focada na eficiência do que nunca. O novo 2.0 CDTI é um campeão no que toca a consumos, graças à mais recente tecnologia, a nova variante de 140 cv emite apenas 99 g/km de CO2 (versão Sports Tourer: 104 g/km de CO2). Quando aliado à caixa manual de seis velocidades e ao sistema “Start/Stop” consomem apenas 3,7 litros de gasóleo por cada 100 km percorridos (versão Sports Tourer: 3,9 l/100 km), valores de referência. Ainda assim o 2.0 CDTI consegue desenvolver uns expressivos 370 Nm de binário.

A versão Diesel topo de gama é equipada com o 2.0 CDTI BiTurbo de 195 cv de potência. Este motor de elevada performance vem equipado com dois turbos que funcionam em sequência, garantindo uma resposta vigorosa num amplo intervalo de regimes.

Novo Opel Insignia e Insignia Sport Tourer (42)

Os mais puristas vão gostar de saber que estão disponiveis dois motores sobrealimentados e de injeção direta, o 2.0 Turbo com 250 cv e 400 Nm de binário, e o novo 1.6 SIDI Turbo da com 170 cv e 280 Nm de binário.

Dois motores que segundo a Opel prezam por serem suaves e poupados. Desconfiamos apenas da parte da poupança. Estão ambos acoplados a caixas manuais de seis velocidades e possuem sistema “Start/Stop”, podem também ser encomendados com uma nova caixa automática de seis velocidades de baixo atrito. A versão 2.0 SIDI Turbo será a única a dispor da tração dianteira ou às quatro rodas.

A versão de entrada na gama de motorizações a gasolina está equipada com um económico 1.4 Turbo, com caixa manual de 6 velocidades com 140 cv de potência e 200 Nm (220 Nm com ‘overboost’) conseguindo uma média em ciclo misto de apenas 5,2 l por cada 100 km e emitir apenas 123 g/km de CO2 (Sports Tourer: 5,6 l/100 km e 131 g/km).

Estará disponivel, para os mais abonados, por 61.250€ a versão OPC que dispõem de um coração 2.8 litros V6 Turbo de 325 cv e 435 Nm, sendo capaz de se lançar do 0 aos 100Km/h em apenas 6 segundos atinge os 250 Km/h de velocidade máxima – ou chegando aos 270 km/h se optar pelo pack OPC “Unlimited”.

Com preços a começar nos 27.250€ para o sedan, as versões Sport Tourer teram um acrescimo de 1.300€ ao valor do sedan. Uma vez mais, o Opel Insignia assume-se como um sério concorrente à Volkswagen Passat, ao Ford Mondeo e ao Citroen C5.

Texto: Marco Nunes

Os mais vistos