Salão de Genebra 2013: Rolls Royce Wraith

O seu nome é Wraith e chegou para arrasar o segmento dos coupés de luxo. É o mais potente e tecnológico Rolls Royce de sempre.

Recheado de potência, estilo e carregado de drama, que segundo a Rolls Royce, torna o Wraith num automóvel para condutores curiosos, confiantes e audazes.

O Wraith apresenta-se com o design mais ousado alguma vez usado num Rolls Royce. Uma silhueta elegante e atlética, esta transpira dinamismo e potência. Disponível com uma pintura combinável a dois tons vinca outra característica, a personalização, algo muito apetecível em modelos desde calibre.

Estão disponíveis 3 conjuntos de jantes de 20” e 21” polidas e bicolor, alem dos já conhecidos centros que nunca rodam. A grelha frontal foi rebaixada 5 mm para melhorar o fluxo de ar do motor, enquanto o duplo escape expele um dramático ronco.

Rolls Royce Wraith

A ausência do pilar B redobra o aspeto elegante e desportivo deste magnifico automóvel. O Rolls Royce Wraith terá sem qualquer dúvida presença, destacando-se de todos os outros veículos, presença esta herdada dos seus familiares.

O interior será glamouroso à semelhança de todos os Rolls Royce e em particular ao do Ghost. Estar no interior é estar num mundo à parte, um interior forrado a pele de mais alta qualidade, madeiras nobres e delicadas assim como tapetes “fofinhos”.

E com 4 magníficas poltronas onde podemos descansar ou apreciar uma magnífica viagem. O teto estará estrelado com os mais de 1.300 fios de fibra optica que criam um ambiente luxuoso.

Rolls Royce Wraith

Mas é na performance que se destaca o verdadeiro espirito desta beleza, um motor V12 de 6.6 litros turbinado dá alma a este animal, enquanto 624 cavalos debitam 800 Nm de binário. Este é sem dúvida um automóvel adequado tanto à passadeira vermelha como a um dia em Nürburgring. E não esquecer que mesmo com 2360Kg atinge os 100Km/h em 4.6 segundos. Simplesmente brutal.

O Rolls Royce Wraith estreia o mais inteligente sistema de tração, um sistema que rasteia a estrada a modo de selecionar a melhor mudança das 8 disponíveis. Isto tudo para que todas as curvas e rotundas sejam feitas com o mínimo esforço e sempre suave, graças à suspensão e a direção que se adequam ao piso e à velocidade.

Rolls Royce Wraith

O sistema computorizado de bordo permite também navegar na internet e escrever mensagens e emails usando apenas a voz. Caso considere comprar esta obra de arte, estará à venda em finais de 2013 por pouco mais de 240 mil euros antes de impostos, uma “pechincha” nos dias de hoje.

Texto: Marco Nunes