Volkswagen CrossBlue: O «Golf» de sete lugares

A marca alemã apresenta a sua proposta de SUV médio para o mercado norte-americano, chama-se CrossBlue.

Vender Volkswagen’s Golf’s aos consumidores americanos pode parecer um disparate. E de facto é, mas graças à plataforma «multiusos» MQB, na prática deixou de o ser. Alias, é isso mesmo que a Volkswagen vai tentar fazer com o CrossBlue: um Golf esticado apresentado hoje no salão de Detroit.

Um SUV destinado em exclusivo ao mercado norte-americanos e que fica a meio caminho entre um Touareg e um Tiguan (apesar de ser maior que o primeiro). E que como já disse partilha a mesma plataforma que o Golf & Cia.

cross blue  2

Na prática, o CrossBlue é um interpretação muito «american way» daquilo que deveria ser um Golf se tivesse sido pensado para os Estados Unidos. Espaço interior, sete lugares, uma boa altura ao solo e dimensão suficiente para não parecer uma formiga no deserto, leia-se: um pequeno carro no meio de enormes pick-up’s. E é isso mesmo que o CrossBlue pretende ser, um Golf americano. Até nas vendas…

A Volkswagen está apostada em aumentar o nº de unidades vendidas do outro lado do atlântico. E sinceramente – tendo em conta o gosto da clientela de «Tio Sam» não consigo pensar numa forma melhor de o fazer. Até porque olhando ao concept-car, arrisco-me a dizer que o CrossBlue era bem capaz de vingar aqui pelo velho continente… quem sabe.

Os mais vistos