Batmobile original de 1966 arrematado por 3,45 milhões de euros

O carro original do super-herói Batman, o «Batmobile» foi levado a leilão pelo seu proprietário e criador, George Barris.

Estávamos em 1966 e George Barris, após comprar o concept do Lincoln Futura por 1 euro à Ford, investiu qualquer coisa como 15 mil dólares para o transformar na derradeira máquina anti-vilões. O Batmobile entrou na série do herói Batman e no filme em que Batman e Robin apareceram juntos pela primeira vez. George Barris estaria longe de pensar que passados quase 50 anos o seu “investimento” iria render mais de 4 milhões de dólares…

Já de volta ao presente este foi mais um dia na vida da leiloeira de automóveis mais famosa do mundo, a Barrett-Jackson, e como “estrela do dia” estava o carro mais temido pelos vilões de Gotham, o Batmobile. Fez furor na audiência que estava recheada de potenciais compradores desta peça única no mundo que tantas mentes inspirou. O Batman fazia justiça protegendo a população da corrupção, Bruce Wayne era uma personagem altruísta, apesar de conturbada e com um passado negro que lhe deu cor à capa. Na vida real, o carro de ficção de uma história de banda desenhada, foi arrematado por 4,62 milhões de dólares – 3,45 milhões de euros com taxas no valor de cerca de 420 mil dólares (314 mil euros).

Texto: Diogo Teixeira

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos